Indicações: favoritos de Setembro

Olá, amores! Tudo bom?

Meu Deus, nem acredito que setembro acabou. Oficialmente, começou a contagem regressiva para o final do ano e, claro, para a melhor época: natal. Já estou super animada, contando os dias e fazendo mil planos para minha festa favorita da vida. Enquanto isso, trouxe os favoritos do mês de setembro para vocês. Tem alguns produtinhos inéditos dessa vez, para felicidade de todos, mas não testei muita coisa esse mês. Então vamos ver!

Base colorstay da Revlon: Sim, essa base entrou nos favoritos do mês passado e postei uma resenha completa dela essa semana, mas ela está aqui de novo. Como vocês podem ver, dois terços dela já se foram e eu estou sofrendo. Além de eu já amar essa base, a marca colocou um pump, que além de ter tornado o produto bem mais prático, não tem desperdício. É uma perfeição mesmo.

Água micelar Bioderma Sébium: A única água micelar que realmente se deu com meu rosto. Já não vivo mais sem, consigo até perceber uma mudança a longo prazo em relação a meus poros. Também acalma muito minha pele em relação a irritações, espinhas avermelhadas e ajuda a cicatrizar quando eu mexo. Ah, a limpeza dela também é super profunda e não arde nem resseca, deixa bem equilibrado mesmo.

Contorno facil stick Vult: Esse produto aqui se tornou um dos meus favoritos na hora de tirar foto. Ele é bem pigmentado, então em foto ele faz mais efeito do que contorno em pó. Também é super fácil de usar, mas prefiro apicar com um pincel de cerdas curtas; dá mais controle e tem menos disperdícios assim. Ele esfuma fácil e tem um tom ótimo de contorno mesmo, por ser mais frio.

Cílios postiços em Beyond Naturale 2 da Kiss New York: Não sou muito de usar cílios postiços, mas apliquei esses e simplesmente amei o efeito. Ele é bem marcante e esse formato deixa os olhos com ares felinos. Não é nada natural, mas fica muito bonito. Também é ótimo para tirar foto, porque marca bem o olhar, mas não esconde a sombra.

Pincel de esfumar da BH Cosmetics: Nunca tinha usado nenhum pincel da marca e simplesmente me apaixonei por ele. Ele pega a sombra e esfuma sem acumular, é super fofinho, deixe o efeito de esfumado perfil e é muito simples de trabalhar. Nem gasto muito tempo quando uso ele, pois o acabamento fica incrível. E ele realmente não “segura” nenhum produto, então posso usar vários tons de sombra sem precisar lavar o tempo todo.

Esses são os cinco produtinhos mais amados do mês! Quais são os seus? Deixa aqui nos comentários, pois amo conhecer coisas novas!

Anúncios

Resenha: base Colorstay da Revlon


Hello, amores! Tudo bom?

Eu uso a base da Revlon há anos, mas foi só quando eu recebi uma com a nova embalagem que percebi que nunca havia feito uma resenha antes. Ela já tinha aparecido nos meus favoritos antes, mas algumas de vocês me perguntaram se essa base era boa mesmo, então resolvi fazer uma resenha mais completa para vocês.

A Revlon é uma marca britânica que se encontra em farmácias lá fora, então ela tem um preço super acessível na gringa. Aqui, ela é uma marca de preço mediano, que recentemente foram remarcados e estão mais acessíveis. Fico no nível de valores da Quem Disse, Berenice?. A marca tem todo tipo de produto, de pele, de olhos, batom de vários tipos. Realmente é muito fácil de encontrar na Revlon e é uma marca que eu sempre estive de olho.

Eu honestamente sempre amei essa base. Ela tem cobertura média-alta; cobre bem sem precisar de corretivo, mas algumas manchas mais escuras acabam precisando daquele acabamento a mais. Ela é super confortável, não fica pesada na pele e eu acho o acabamento super profissional. Para mim, parece pele mesmo, mas ela não acumula nos poros ou nas linhas de expressão, mesmo sendo mais grossinha.

Infelizmente, ela transfere sim, mas o que eu mais amo nela é, sem dúvida nenhuma, a duração. Eu saio de casa às 6:20 da manhã com ela e só chego depois das 18h da noite. Ela não esfarela, não acumula, não sai da pele. Claro que depois de 12 horas ela fica oleosa, mas não é nada que um papel que absorva bem não ajude. E, mesmo secando com um papel, a base ainda fica.

Já aconteceu de eu querer secar a pele com um papel e o espaço ficar, literalmente, sem maquiagem porque saiu tudo no papel. Com essa, isso nunca aconteceu mesmo. Ela dura muito, muito bem e só vai ficando mais natural durante o dia. Ela não oxida, mas é preciso tomar cuidado para acertar no tom. Alguns são mais frios, então para quem é mais branquinha, tem perigo de ficar com cara de fantasma.

Ah, e acho que a duração dela é tão boa por ela ser tão resistente. Ela é aquele tipo de base que fica bem firme no rosto a ponto de dar um pouquinho de trabalho de tirar. É preciso usar um demaquilante bifásico ou em óleo, pois qualquer lencinho ou demaquilante normalmente não dá muito conta do serviço e o rosto ainda fica com resíduo da base. Ela meio que adere a pele mesmo, não fica aquela camada artificial de produto – apesar de ser.

A ColorStay é, sem duvida nenhuma, um das melhores bases que eu já usei. Agora, com essa nova embalagem que vem com pump SUPER PRÁTICO, eu to pronta para me casar com ela. Para o rosto todo, eu preciso de um pump e meio, tornou o processo mais rápido, não suja nada, não tem desperdício e você consegue ver bem se a base não está a ponto de acabar – não vai ser pega de surpresa e enganada pelo vidrinho. Amém, Revlon.

Resenha: pó compacto Colorstay da Revlon

Olá, amores! Tudo bom?

Há muito tempo eu queria testar esse pó da Revlon, pois já conhecia a base da mesma linha. Para minha eterna alegria, a marca entrou em contato comigo e me enviou esse produtinho do amor e agora vim contar para vocês o que achei.

Normalmente uso pó translúcido, mas esse aqui tem cor. Caiu bem com a minha pele e achei até que ele ajuda dar uma vida a mais no rosto, por ter um toque quente no subtom. Notei muita diferença em selar a base com ele por causa disso, além de oferecer um toque a mais de cobertura, também dá esse up.

Porém, como esse pó tem cobertura, ele é um pouquinho mais grosso que pó translúcido, o que significa que ele não serve para fazer a técnica de baking – aquela que você coloca bastante pó no rosto e deixa esquentar na pele pra depois tirar o excesso -, pois ele sufoca a pele e faz com que a maquiagem fique oleosa mais rápido.

No final das contas ele é mesmo um pó para selar a base, dar aquele toque sequinho e um acabamento melhor. E realmente faz isso, ele tem um toque aveludado e não deixa a pele parecendo aquela receita de bolo, pois ele não é assim tão grosso, mas tem uma leve cobertura que ajuda a igualar os tons da pele.

No quesito segurar a oleosidade, diria que é médio. Eu uso ele junto com a base Colorstay, que tem uma duração de umas 5-6 horas antes de começar a aparecer um pouco de oleosidade no nariz e na testa. O pó não faz essa duração aumentar, mas eu notei que quando eu uso ele e vou secar a oleosidade com um papel, ele segura a base na pele, então não tem tanta transferência e a pele fica mais sequinha do mesmo jeito.

Eu tenho que confessar que ainda prefiro pó translúcido por causa das multifunções deles e por ser bem mais fininho e confortável, mas esse é um bom produto para se ter na bolsa para retocar durante o dia ou se for uma saidinha rápida – ou quando eu não to querendo gastar o translúcido mesmo, porque sou dessas.

Queria testar uma cor mais clara desse pó também, pra ver como é o efeito de iluminação dele, já que é um produto com boa pigmentação. Mas antes disso, vou terminar esse aqui, pois gostei bastante, garanto que ele não está ficando esquecido na penteadeira.

Resenha: três lip pencils da Revlon – matte, balm e lacquer

Oi, amores! Como vão vocês?

Um dos produtos mais icônicos da Revlon, os lip pencils são super práticos, aquele tipo de batom que a gente deixa na bolsa para o caso de emergências. Mas você sabia que a linha tem vários tipos de acabamento? É importante saber exatamente o que cada um significa, assim fica mais fácil de escolher o favorito, não é?!

Lacquer balm: Ele tem uma textura super cremosa, mas um pigmento impecável. Quando você aplica, parece um balm mesmo, bem hidratante. Como tem um cheirinho de menta, é que parece mesmo ser um balm, mas o pigmento é de batom. Uma camada e a cor já é super forte e viva, mas por ser super cremoso, não tem a melhor duração e borra com certa facilidade.

Balm stain: Esse também tem uma textura super cremosa, mas a proposta é ser mais balm do que batom, diferente da fórmula anterior. Ele é super hidratante e deixa só uma corzinha saudável nos lábios, nada muito forte, mas que tem uma boa durabilidade e dá aquele up. É quase como um gloss transparente, mas sem grudar tanto, porque com o tempo de uso ele seca um pouco mais e deixa a corzinha.

Matte balm: Ainda com textura cremosa, mas com acabamento matte, esse é o mais batom mesmo dos três. Ele desliza muito facilmente nos lábios, mas não fica com rastro do brilho e, com tempo de uso, vai secando. Dos três, esse é o que dura mais, e ainda deixa a cor nos lábios quando sai. Ele é super confortável também, como os outros.

No geral, esses batons são os coringas que você deixa na bolsa. O formato dele garante uma aplicação MUITO fácil, não precisa do melhor espelho nem de muita preocupação, pois a pontinha encaixa muito bem nos lábios. O meu favorito é o balm stain, pois fica na bolsa e quebra qualquer galho, além de servir como uma hidratação extra para os lábios.

A gama de cores e acabamentos da linha de lip pencils da Revlon é bastante variada, não é a toa que é tão querida. Porém, atenção na hora de comprar o seu, pois a cor pode ser perfeita, mas o acabamento pode não ser o que você procura e deve se levar em conta que a chave de ouro desse batom não é a duração, okay?! Ele realmente não dura se você for sair pra comer, mas é bom pra uma manhã de trabalho ou aula, pois dá uma corzinha, mas é confortável.

E ai? Acha que vale a pena? Qual acabamento você prefere?

Indicações: favoritos de Agosto

Oi, amores! Tudo bem?

Agosto passou tão rápido que nem deu tempo de pensar nos produtos que eu queria testar no mês. Na verdade, o mês ficou parecendo uma segunda versão de julho, pois acabei usando coisas que eu já conhecia e passei um bom tempo doente, então nem de casa saí muito. A maiorias dos produtos dos favoritos desse mês vocês já viram antes, mas são queridos demais.

Batom Letícia da linha Bruna Tavares: Eu devo minha vida a esse batom porque além de lindo, ele dura horrores, é super elegante, valoriza o tom da minha pele e todo mundo sempre pergunta qual é, porque ele é nude, mas é daqueles que tem presença e personalidade. É um tom de doce de leite meio caramelo muito lindo. Juro, TODA VEZ que eu uso alguém pergunta. Amo, amo, amo. Não sai mais da minha bolsa e se acabar – provavelmente vai, porque eu uso muito – com certeza vou comprar outro.

Pó translúcido da Vult: Esse pó aqui eu uso há mais de um ano e eu ainda amo. Me arrependi de não ter comprado mais de um lá em São Paulo, porque é bem mais barato, porque eu já dei uma usada boa nesse que comprei em maio. Ele dura muito porque o pó é bem fininho, mas tenho feito muito a técnica de baking, que larga a mão com vontade no pó. Ele dá um acabamento muito bonito, mas sem deixar um efeito de bolo, sabe?! Ah, e também não fica aquele reflexo branco no rosto.

Base Colorstay da Revlon: Eu mencionei essa base em um favoritos há muito tempo e fiquei surpresa que nunca fiz uma resenha dela, então vou fazer em breve, mas não podia deixar de colocá-la nesses favoritos por causa da nova embalagem com pump que facilita demais a vida, principalmente de manhã cedo quando quero fazer as coisas logo. Não desperdiça, não faz bagunça e é prático demais. Amei!

Paleta de sombras da Jaclyn Hill x Morphe: Sim, eu sei que essa paleta entrou nos favoritos de julho, mas ela tinha que entrar de novo, gente. Eu só to usando ela na vida toda e cada vez que olho, me apaixono mais! Fiz a resenha completa e lá vocês devem entender porque eu amo tanto essa lindeza. Foi super cara, mas eu sinto que não preciso de nenhum outra paleta na vida depois dessa. Qualidade maravilhosa, cores incríveis, looks lindos. Só amor mesmo.

Corretivo Above & Beyond de alta cobertura da NYX: Eu nunca dei muita atenção para esse corretivo, mesmo tendo comprado há muito tempo. Um dia desses precisei de uma cobertura a mais em umas manchinhas e usei ele. PAM! Amei o resultado. Ele tem um aspecto alaranjado que ajuda muito na cobertura, que é realmente alta. Deixo ele aquecer um pouco no rosto e depois dou um tapinha com a esponja de maquiagem pra ele selar melhor e pronto, acabamento maravilhoso e manchinhas escondidas.

E você? Tem muitos favoritos em agosto? Deixa aqui nos comentários!

Novo na penteadeira: produtos da Revlon

 
Hello, amores! Tudo bem com você?

Então, uma das coisas mais legais é tentar sempre fazer um conteúdo interessante pra vocês e perceber que isso tem um retorno. Não apenas de quem acompanha as postagens do blog, mas pra marcas e outras blogueiras que também acompanham o meu perfil. Quando a Revlon entrou em contato comigo, eu quase não acreditei. É uma marca que eu sempre gostei, umas das primeiras que conheci, e eles queriam me mandar alguns produtos para eu testar.

É um daqueles momentos que você só sabe sentir gratidão por tudo e me senti muito realizada com essa experiência com a Revlon. Nunca imaginei que uma marca tão bem consolidada internacionalmente iria querer entrar em contato comigo para qualquer coisa, quanto mais para me enviar presentinhos lindos para eu compartilhar com vocês.

Além disso, a ótima notícia é que os preços dos produtos da Revlon foram remarcados aqui no Brasil, então minha base preferida da vida que antes estava por R$89,90 agora está com R$ 69,90, o que é maravilhoso e vou fazer uma resenha bem completa dela em breve. Eles também lançaram a coleção completa de rímeis e as novas fórmulas de batom matte, além de várias cores de pó compacto também.

Eu amei a seleção do que eles me enviaram, principalmente porque eu já conhecia a base colorstay, mas ainda não tinha usado ela com o novo pump de aplicação e, assim, essa base se tornou ainda mais perfeita. Eu sabia que um pump facilitava a vida, mas gente, é tão mais prático, menos bagunçado e desperdiça menos produto também. Para cobrir o rosto todo – usando uma esponjinha, ainda com uma sobra para o pescoço e orelhas -, preciso de apenas um pump e meio.

Eu era doida pra testar o pó dessa mesma linha da base e fiquei super feliz quando eles me enviaram. Confesso que uma corzinha mais clara ou uma versão translúcido seria mais ideal, mas não posso reclamar demais, afinal estou amando mesmo assim. Vou fazer uma resenha completa também em breve, mas minha primeira impressão foi positiva.

Também amei o balm que eles mandaram, porque é super prático e ainda dá uma corzinha aos lábios; acaba sendo o tipo de produto ideal para se ter na bolsa, sabe?! O batom em acabamento pearl eu já conhecia, tenho um dessa linha, mas de outra cor. O único que eu não conhecia era o acabamento suede e amei muito essa cor, um terracota meio avermelhado bem bonito, que tem uma textura super macia.

Eu tinha um esmalte da Revlon também, uma cor bronze bem linda que eu amo usar no natal, mas eles mandaram um verde bem fofinho, meio pastel, meio menta, que combina direitinho com minha estética de vida, então amei! Ainda não usei porque não sou muito de pintar unha, mas quero ver como é que fica!

Só tenho a agradecer ao pessoal da Revlon pela confiança e parceria e, claro, sou grata a todos vocês que vem aqui ou no instagram curtir e comentar o que eu posto. Minha coisa preferida é a interação de vocês, adoro quando faço um post tipo esse e várias pessoas compartilham a experiência que tiveram com o produto, se torna um grande bate papo entre amigas! É lindo de ver.

Batalha do primers: Quem Disse, Berenice? x Pharmapele x Revlon x Benefit

primer-1

Hello, amores! Como vão?

De tanto assistir vídeo de maquiagem, os famosos primers acabaram entrando na minha rotina. Eu confesso que não sou de prestar atenção aos detalhes do efeito do primer como algumas pessoas. Já vi gente comparando um primer com o outro em vídeo e juro que não vejo diferença, mas desses aqui que eu estou comparando, eu tenho alguns pontos positivos e outros negativos – porque eles são gritantes.

primer-3

Começando com o que eu mais uso que é o Instamatte da Quem Disse, Berenice?. Eu vi gente rasgar elogios para esse primer em relação a diminuição de poros e o efeito blur dele, mas nunca vi isso não. Meus poros continuam do mesmo jeito e já vi outros produtos com efeito blur melhor. Não vejo como um produto transparente poderia dar efeito blur, mas né, dizem que dá.

Eu uso esse primer no dia a dia por ele ser mais acessível e deixar a pele com toque aveludado, o que ajuda na hora de aplicar a base, pois ela “assenta” melhor. A textura dele é em gel e a camada de produto fica super leve. Usando esse primer  e uma base efeito matte, diria que minha pele fica “seca” por umas 4 ou 5 horas – dependendo do calor.

primer-2

Já o primer para pele oleosa da Pharmapele foi um dos primeiros primers que eu já usei e honestamente não me lembro como ele veio parar nas minhas mãos. Sério, não lembro se eu que comprei, se ganhei – mas acho que nunca vi ninguém falar dele. Apesar desse mistério, eu usei ele várias vezes e estou no meu terceiro frasco, mas não uso mais com tanto frequência e, quando esse acabar, não vou comprar outro.

Ele tem uma corzinha bege e textura meio cremosa, mas quando passo na pele, fica um toque meio de pó – faz sentido isso? Tanto que se eu não tomar cuidado, ele começa a embolotar na pele. O efeito desse primer nunca foi muito surpreendente nem nada, mas ajudava na aplicação da base – faz ela deslizar mais facilmente. Também promete efeito ótico e, apesar de não ser tão notável, acredito que ele ajuda sim por ter um toque de cor, então é uma cobertura a mais.

primer-4

Agora falando de um dos primers mais falados do mundo da beleza – e também um pouco caro – temos o Porefessional da Benefit. Quando eu comecei a usar, não via nada de mais nele. Achava até que tinha um toque oleoso no produto, mas o problema é que eu estava exagerando na quantidade. Esse primer também  tem um toque de cor e textura meio em gel. Quando aplico ele deixa a pele bem aveludada.

Nunca reparei na questão do disfarce dos poros, mas quanto ao acabamento da maquiagem e duração da base, nenhum outro primer se compara a esse. Ele com certeza adiciona a cobertura e deixa o acabamento da aplicação muito mais bonito que os outros. Por causa disso, passei a usar mais em ocasiões que exigem que a maquiagem dure mais e/ou fique com uma vibe mais profissional.

primer-5

Por último e, sem dúvida, minha maior decepção, temos o primer Photoready da Revlon. Acho que depois do Porefessional, o Photoready foi o que eu mais ouvi falar, mas honestamente, ele não funcionada nada bem comigo. Eu tenho a pele oleosa e, ao aplicar esse primer, ficou parecendo aquela coisa de óleo e água não se misturam. Esse primer simplesmente não assenta na minha pele e, por isso, a base também não.

Ao longo do dia, percebi que a base estava, literalmente, saindo do meu rosto. Ao redor do nariz e na testa ela ia “separando” e deixando pedaços sem base. Eu sou do tipo de pessoa que precisa que a base não saia do rosto por nada, então foi uma morte horrível me olhar no espelho depois de cinco horas e ver a base acumulando nas partes normais do rosto e separando nas partes oleosas. Sério, um pecado real do mundo da maquiagem.

Acho que se tivesse que escolher só um desses primers, eu escolheria o Porefessional, mas ele é mais caro, então fico com ele para ocasiões especiais e com o Instamatte para o dia a dia. Os outros dois não quero mais e nem sei o que vou fazer com o Photoready já que ele simplesmente não funciona em mim.

Qual é seu primer preferido? Deixa aqui nos comentários!

Indicações: favoritos de Dezembro

faves-dezembro-3

Oi, amores! Tudo bom?!

Dezembro pode até ser mês férias, mas eu mal parei durante o mês. Além do Blogmas, também tive estágio normalmente. Mas não posso negar – não ter a preocupação das aulas e trabalhos já é um alívio muito, muito grande. Testei alguns produtos novos esse mês – graças ao natal e os amigos secretos – e queria mostrar pra vocês o que eu mais amei.

faves-dezembro-4

Batom Revlon na cor Seduction:  Eu já desejava esse batom há muito, muito tempo. Vi as youtubers gringas usando várias vezes e era doida pra experimentar. Ainda bem que ele chegou ao Brasil, pois eu amei – principalmente depois de ter aprendido a usar corretamente. Ele tem uma textura meio em gel e pigmentação maravilhosa, é um tom de caramelo e não seca matte, mas tem boa duração. Acontece que, para que ele não acumule nas linhas dos lábios, eu tenho que aplicar sem esticar os lábios – a aplicação dele é fácil e super confortável.

faves-dezembro-2

Batom líquido Nudeli da Quem Disse, Berenice?: Eu ganhei esse de amigo secreto e amei muito! A fórmula da QDB é super conhecida pela qualidade. A textura é ótima, não resseca demais os lábios, a pigmentação é perfeita e tem excelente duração. Essa cor é um rosinha nude meio pêssego que eu amei muito – é uma cor bem barbiezinha, o tipo de rosa que não sai da minha bolsa.

faves-dezembro-5

Paleta da Carli Bybel: Acompanho o canal da Carli há muito tempo e, quando soube do lançamento dessa paleta, surtei logo. Ela tem tons maravilhosos – a Carli pensou em pessoas de cabelo e olhos escuros, então as cores favorecem pessoas com essas características. Eu amei todas as cores e os iluminadores são maravilhosos, dão um brilho poder mesmo e são ótimos pra misturar. Eu to amando muito, só quero usar ela!

faves-dezembro-1

Esfoliante de açúcar e mel: Lembram que eu fiz um DYI de como fazer seu próprio esfoliante labial? Bem, eu acabei usando ele mais para o rosto do que para o lábios. Os grãos de açúcar esfoliam bem a pele sem machucar e a ausência de química evita qualquer reação ou irritação da pele. Deixa uma sensação de pele macia mesmo, dá pra sentir que ele limpa a pele de impurezas ao mesmo tempo que dá uma hidratada. Vou ter que arranjar um pote maior – poque esse aí eu já acabei!

Filme Elf: Eu indiquei esse filme na lista do que assistir para o Natal e acabei me lembrando do quanto ele é maravilhoso. É um filme que não questiona o espírito de natal e nos inspira a acreditar cada vez mais. Ele conta a história de um humano que é adotado por papai noel e começa a viver como um elfo – e achar que ele é um elfo mesmo. Quando ele descobre que na verdade é adotado, ele vai para Nova York atrás do seu pai verdadeiro, que está na lista de “meninos malvados” do papai noel. Esse filme é muito legal e emocionante.

Desejo um feliz 2017 a todos vocês, amores! Tem muita coisa legal vindo por aí. ❤

Resenha: primer Photoready da Revlon

Oi, amores! Como vão?!

A Revlon é uma marca que eu amo muito! Fico muito feliz de ver que ela está abrindo mais e mais espaço no mercado de cosméticos no Brasil e os produtos que eles lançam lá fora estão chegando aqui. Não é de hoje que ouço falar do primer Photoready – faz tempo que ele chegou aqui – e eu sempre tive curiosidade de testar. Graças a ajuda da loja parceira do blog, Kutiz, finalmente vou poder dizer o que eu acho desse produto.

revlon-primer-1

Eu sempre achei a embalagem dele meio com cara da riqueza e realmente é. É minimalista, de vidro e meio pesadinha, bem coisa cara mesmo. Agora uma coisa que me chamou atenção foi o cheiro. Eu não sei explicar muito bem, mas me lembra aquela cola branca que se usa na escola, sabe?! Aquela que quando seca fica transparente. Não gosto nem um pouco, mas não é um cheiro que fica na pele, ele some depois um tempo.

Infelizmente, acho que esse primer não se deu na minha pele. Já ouvi várias pessoas falando maravilhosas sobre ele, mas em mim não funcionou muito bem. Eu consigo aplicar ele direitinho e ele fica transparente e deixa uma sensação aveludada na pele. Mas quando eu aplico a base, parece que ela não “assenta” corretamente, dá a impressão que fica uma coisa superficial – e olhe que uso a base da Revlon também, imaginei que os dois deveriam se dar bem.

revlon-primer-2

A base não fica oleosa nem mais nem menos rápido do que o normal, mas quando fica oleosa, por ter feito essa camada “superficial”, a base começa a literalmente sumir da minha pele. Ao redor do meu nariz e na minha testa, começa a ficar umas partes com a pele aparecendo, como se a base tivesse “soltando” da pele, e eu não consigo arrumar. Pó não resolveu, adicionar outra camada também não (ela fica escorregando na pele e não aplica de jeito nenhum). A única solução é remover a base completamente e aplicar novamente – mas isso nem sempre é possível, o que se torna inconveniente.

Por isso, se eu precisar que a base dure bem, esse primer da Revlon não é uma opção. Dá pra usar aqui e ali, pra não gastar os outros primers que são melhores, mas não dá pra depender do Photoready. Essa é minha primeira decepção com a Revlon, mas ainda adoro a marca.

Indicações: favoritos de Novembro

faves-novembro-1

Novembro FINALMENTE acabou! Gente, que mês puxado, hein? Foi o final de semestre na faculdade e eu achei que não ia aguentar de tanta coisa que tinha pra fazer. Mas passou, todos os trabalhos foram entregues e cá estamos, saindo de novembro para entrar em um dos melhores meses do ano!

Os favoritos desse mês vieram um pouquinho mais cedo (antes do mês acabar de verdade), porque eu vou fazer blogmas, então não ia poder entrar em dezembro. Os produtos, acho que vocês vão perceber, tem um padrão nesse mês: todos são ótimos para levar na bolsa. Nessa correria, quase não parei em casa, então andei com a bolsa cheia para o momentos de necessidade. Então vamos lá ver quais são esses produtos compactos?

faves-novembro-2

Máscara de tratamento para olhos da Sephora: Eu já havia utilizado essas máscaras de tecido antes, mas nenhuma delas deu o efeito que essas da Sephora deu. A diferença é imediata; alguns minutos após aplicar a máscara, sinto ela esfriando a pele rapidamente. Dá uma sensação como se a pele estivesse ficando mais firme, sabe? Quando retiro, depois de 15 minutos, dá pra perceber a diferença na hora. Clareou e hidratou essa parte abaixo dos meus olhos, ficou mais fácil até de passar o corretivo. O preço é acessível se você comprar só uma, custa R$30; mas se for pensar na necessidade de aplicar com mais frequência, sai caro. Eu amei! Já quero mais.

faves-novembro-4

Rímel Volum’Express da Maybelline: Eu tenho esse rímel há muito tempo, mas deixava ele de lado, dava prioridade a outros que eu fui comprando depois. Como os outros acabaram, eu passei a usar ele. Eu estou apaixonada! Ele aplica bem o produto e dá volume aos cílios sem ficar muito acumulado, sabe?! Além disso, é super preto, chega dá um up no olhar. Ele não é dos mais famosos da Maybelline (nem o meu preferido), mas é ótimo para ter na bolsa em caso de emergência.

faves-novembro-5

Pincel de sombra da Revlon: Eu fiz uma resenha bem completa desse pincel, mas ele tinha que entrar nos favoritos. Ele tem um tamanho maravilhoso para levar na bolsa e dá um efeito lindo de esfumado sem muito esforço, num instante você fica com aquela vibe poderosa de olhão bem feito. Facilita muito na hora de fazer a maquiagem e você ganha tempo, sem dúvida!

faves-novembro-3

Duo de sombra Esfumadíssimo da Quem Disse, Berenice?: O que eu mais gostei desse duo é a praticidade. Também tenho levado ele na bolsa e, junto com o pincel da Revlon, o esfumado fica babado! Parece que passei horas me maquiando, quando na verdade não foi nem cinco minutos. A pigmentação dele é ótima e o tom de marrom é médio, perfeito para o côncavo. A cor branca não é exatamente branca, ela tem um toque perolado ótimo para iluminar o canto externo do olho e abaixo das sobrancelhas. Amo demais!

 

Filmes: No mês de novembro, dois filmes que eu estava esperando há muito tempo finalmente estrearam. O primeiro foi Doutor Estranho com o LINDO do Benedict Cumberbatch interpretando o super-heroi da Marvel. Eu não sou muito ligada na Marvel, acabo acompanhando mais a DC, mas pelo Benedict tive que ir ver esse filme e adorei. É engraçadinho, a história é bem interessante e o enredo é fácil de acompanhar mesmo para quem não entende muito do assunto. O outro foi Animais Fantásticos e Onde Habitam; talvez vocês não saibam, mas eu LOUCA por Harry Potter e todo mundo mágico criado por JK Rowling. Esse filme trouxe de volta essa parte linda da minha infância e foi incrível ir ao cinema acompanhar mais um desdobramento da obra. O filme é, como o nome diz, fantástico. Aprendemos sobre o mundo mágico nos Estados Unidos e conhecemos o bruxo Newt Scamander (por quem eu me apaixonei). Amei!

Só mais alguns dias para o blogmas, hein?!