Resenha: loção de limpeza facial Ultrabland da Lush

Hello, amores! Tudo bom com vocês?

Como uma pessoa que usa muita maquiagem, eu preciso sempre de demaquilantes que não destruam completamente meu rosto na hora de remover. Já testei alguns e agora foi a vez do famoso Ultrabland da Lush, uma loção que “derrete” a maquiagem na hora de tirar e ainda hidrata a pele no processo.

A princípio, achei que não ia valer a pena ou que não ia funcionar, por esse produto ser quase que literalmente uma pasta bem oleosa. Mas o que faz o efeito é justamente essa textura. Para remover a maquiagem, eu coloco um pouco no rosto e vou massageando até sentir que já aderiu bem a pele. O produto meio que vai derretando a maquiagem, soltado-a da pele.

Depois que já está mais ou menos derretido e o Ultrabland já esquentou na pele, pego uma toalhinha úmida – algodão também funciona, mas dá bem mais trabalho e gasta bastante – e vou limpando o rosto como se estivesse enxugando o produto. Colocar o rosto em água corrente não funciona, pois o produto é oleoso, não tem como “enxaguar”.

Meu medo era que a pele ficasse com resquício de produto, ficasse oleosa ou que simplesmente não removesse a maquiagem, mas nada disso acontece. O Ultrabland sai inteiro na toalha, assim como a maquiagem, dá pra ver bem. A pele fica super macia e sem nada de resto da loção. Depois, lavo com um sabonete líquido. Isso é o suficiente para garantir que a pele está limpa.

Porém, como no começo eu desconfiava, ainda fortalecia a limpeza com um pouco de água termal em um algodão. Depois de fazer algumas vezes, percebi que o algodão vinha 98% limpo, então era um passo desnecessário. Foi uma surpresa muito boa e super recomendo, pois mesmo com a pele oleosa, ele não decepciona.

Anúncios

Cuidados com a pele: saiba o que você precisa

Hello, amores! Tudo bom?

Então, cuidar da pele não é a coisa mais fácil do mundo, mas quando a gente aprende a escutar o que ela precisa, fica bem mais fácil e o resultado é certo. A primeira coisa que você vai ter que entender é que não adianta ter uma rotina diária fixa; a mais importante saber o que a sua pele quer do que alimentá-la com o mesmo produto todos os dias.

Minha pele é oleosa, então uma coisa que eu não posso evitar é lavar bem o rosto, pelo menos duas vezes ao dia, mas isso não quer dizer usar o mesmo sabonete secante toda vez. Se eu fizer isso, depois de quatro dias, algumas áreas do meu rosto vão começar a ficar super ressecadas e despelar, então tenho que previnir isso.

Ao invés de sempre usar o mesmo sabonete líquido antioleosidade sempre, a cada dois dias uso uma loção de limpeza, que é mais suave e promove a hidratação da pele enquanto limpa. Se eu não tiver usado muita maquiagem, esse passo é suficiente, depois faço uma hidratação. Mas se tiver carregado na make, ainda dou uma reforçada na limpeza com uma água micelar que eu sei que não vai ressecar os poros.

Também tento sempre ter duas máscaras em casa: uma de hidratação e uma matificante, para poder usar a correta. Da última vez, usei a errada e minha pele sofreu. É preciso ter muito cuidado, principalmente se você tem a pele sensível que reage a qualquer coisinha.

Ah, e outra coisa super importante: a pele precisa respirar também. A própria pele tem o poder de se curar e se cuidar, por isso ela produz mais óleo do que deveria às vezes – é uma defesa natural pra quando a pele fica muito seca. Então não tenha medo de apenas lavar o rosto e não fazer mais nada, pois isso também é um grande favor que você faz a ela. Ah, e não tem produto que subtituta um bom dermatologista, okay?

Você tem alguma dica infalível a respeito de cuidados de pele? Então deixa aqui nos comentários:

Resenha: hidratante corporal Nivea Sentidos


Hello, amores! Como vão vocês?

Então, vai chegando o verão, vai ficando mais complicado hidratar o corpo, não é?! Tudo fica muito quente e desconfortável, grudento e suado. Não dá nem vontade de passar nada, mas a pele sofre muito e chega uma hora que a gente tem que dar o braço a torcer mesmo. Foi pensando nesses dias mais quentes que fui atrás de um hidratante mais leve e encontrei esse da Nivea.

Ano passado, por sorte, eu descobri que a Nivea tem hidratantes de várias intensidades e você pode escolher conforme sua necessidade. Da textura mais leve a mais pesada, eles tem o hidratante ideal para o tipo de pele e estação do ano. Eu queria o mais leve possível e encontrei algumas boas opções na linha Sentidos, que tinha vários aromas mais leves e alguns medianos.

Para saber a expessura do hidratante, basta olhar no verso do pote, pois há um medidor. Optei pelo que estava na última, a textura mais leve, mais fluida. O produto é quase água de tão fininho e é super refrescante de passar, além de ser absorvido mais rápido. Consigo passar mesmo quando estou morrendo de calor e não fica aquela coisa grudenta chata.


Claro, por ser leve, a potencia dele enquanto hidratante não é a mais poderosa, mas hidrata sim, e bem. Minhas pernas são mais mais negligenciadas no quesito hidratação e consigo sentir uma boa diferença quando uso esse hidratante. Ele também tem um cheiro de fruto bem suave, cheira de coisa limpa, também acho bem relaxante.

A linha tem outros aromas, como mel, mas eu gostei desse por dizer ser mais energético do que calmante, o que eu gostei bastante. Ele realmente é mais refrescante, um tipo de aroma mais de dia a dia mesmo – mas uso pra dormir, pois sou dessas. Até o verão acabar, só quero saber desses hidratantes levinhos da Nivea mesmo.

Dicas: cuidados para a pele antes da maquiagem


Hello, amores! Tudo bom?

Uma das coisas que precisam ser levadas em consideração na hora de fazer maquiagem, muito mais até do que o produto que você usa, é se sua pele está pronta e nas melhores condições para receber maquiagem. Cuidados simples podem fazer total diferença no resultado final, então vamos lá no passo a passo para entender como cada um é importante.

1º LAVAR O ROSTO: 

Claro que, antes de mais nada, o rosto precisa estar limpo. Oleosidade, restos de maquiagem e outros produtos vão atrapalhar muito na hora de fazer um novo look. É importante garantir que você vai usar uma “base” perfeitamente aderente na hora de aplicar os produtos, então um sabonete adequado para o seu tipo de pele é o ideal. Não tenha medo de passar um tempinho extra massageando bem, em todos os cantos, para lavar mesmo. Esfoliação é melhor ainda nesse passo, porque ela também livra a pele de qualquer pele soltinha ou seca.

2º LIMPEZA PROFUNDA:

Para mim, só lavar com sabonete não é o suficiente. É uma limpeza mais superficial, dos resíduos que ficam fora da pele. Uso uma água micelar para fazer uma limpeza mais profunda da pele, daquela poluição que entra nos poros mesmo e entope, sabe? É nessa hora que você olha pro algodão e vê que não estava com a pele tão limpa assim. Gosto de usar a Sébium da Bioderma que, além de segurar a oleosidade, ajuda a diminuir a aparência de poros.

3º EXTRA: 

Fazer uma máscara também é uma boa ideia. Ela prepara bem a pele e deixa um viço mais bonito de pele saudável. Se sua pele for oleosa, uma máscara como essa da Korres vai ajudar a dar uma segurada na oleosidade. Mas se você precisa de hidratação, uma que contém colageno pode ser a melhor opção. O importante é tratar das áreas que você precisa, especificamente, para que a máscara adicione ao resultado final.

4º HIDRATAÇÃO:

Depois de tirar tudo de ruim da pele, a gente tem que dar uma força ao que há de bom. Nesse ponto, uso do tonificante é o ideal. Esse da Lush hidrata muito a pele, além de também dar uma iluminada e devolver aquele aspecto de “pele”, sabe??! Depois de tanta limpeza, pode ser que fique uma coisa meio plástico, que também não é bom pra maquiagem. Também não deixa a pele oleosa, mas não é bom pesar na mão.


Caso não tenha toner, um hidratante bom para seu tipo de pele também serve bem. Como a minha é oleosa, uso um com gel, que seca bem e não fica escorregando, mas mesmo assim passo pouco. Deus me livre ficar com a pele oleosa antes da hora.

5º PACIÊNCIA:

Sim, claro. Maquiagem é um exercício de paciência. Entre um passo e outro é bom dar uns 15 ou 20 minutos para a pele secar e absorver qualquer produto. Nunca, nunca, nunca, aplique o primer ou base direito logo depois do hidratante, vai virar uma lama total. Deixar a base secar por conta própria também é uma boa opção, então comece a se arrumar com bastante antecedência. É importante que todos os produtos esquentem na pele e sejam absorvidos como devem.

No final de cada um desses passos, você vai notar uma diferença histórica no resultado da sua maquiagem, tanto na aparência geral mesmo quanto na duração. Sempre que tenho uma festa ou preciso de uma make mais produzida, me programo para começar todo o processo com antecedência, senão sinto muita falta.

Como preparar lábios para batom líquido

Oi, amores! Tudo bom com vocês?

Não é de hoje que se fala em batom líquido, mas de muito usar, meus lábios começaram a sofrer um pouco sim. Como ficam “selado”, eles ressecam mesmo, então é preciso ter alguns cuidados antes e depois do batom para que o resultado fique sempre bonito e os lábios não sofram tanto.

Quando a gente tem um cuidado especial com os lábios, o acabamento do batom fica mais bonito, dura mais e não incomoda tanto. Então para preparar os lábios, a primeira coisa é esfoliação. Esse processo garante que qualquer pele morta ou que já estava soltando saia e o lábio fica mais lisinho para receber a cor, sem que ela acumule em partes mais ressecadas.

Depois de esfoliar, é importante hidratar e eu amo a pomada Bepantol para isso. Ela hidrata tão bem que, além de os lábios ficaram super macios, também fica um pouco mais cheinho, sabe?! Como se tivesse acabado de tomar um gole d’água. A superfície fica mais macia e o batom desliza mais fácil, mas é importante tomar cuidado para não deixar resíduo da pomada antes de passar batom, senão ele altera a consistência e afeta a duração.

Depois desses dois passos, eu gosto de passar o SOS Batom Matte do Pausa Para Feminices, que funciona meio que como um primer para os lábios. Deixa a textura super aveludada para receber o batom e, de quebra, ainda ajuda a melhorar a duração dele e deixa o acabamento bem mais bonito. Esse acaba sendo um passo extra, mas sinto diferença sempre.

Ao completar esses dois passos, os lábios já ficam prontos para receber o batom. Juro que, ao seguir esses passos, você vai perceber que seus lábios ficaram mais bonito, o batom dura mais – a ponto até de dar mais trabalho para tirar depois – e não resseca nem um pouco os lábios. Porém, ainda é preciso ter cuidado na hora de tirar.

Evite ao máximo repuxar os lábios com um lenço demaquilante, algodão ou esfregar com a mão mesmo. Isso, além de ressecar a pele, também acaba causando flacidez, por ser uma área mais carnuda. O legal é usar um demaquilante que derreta o batom e aí você só precisa de água ou uma passada de nada de uma toalha ou papel para ele sair.

Depois que tiver tirado, é importante tratar os lábios com um bálsamo que contenha mel de abelha, pois esse ingrediente faz com que a área segure a água local e não resseque tanto. Caso você não tenha feito o processo de esfoliação e pomada antes, pode fazer depois e caprichar na quantidade de pomada, evitando usar o SOS Matte. Muitas vezes durmo com a pomada e no outro dia acorda tudo sequinho e super hidratado.

Se você não cuidar bem dos seus lábios, não importa quão lindo seja o batom, ele não vai ficar com um efeito tão legal. Se seguir alguma dessas dicas, deixa aqui nos comentários se funcionou!

Resenha: tônico facial Eau Roma Water da Lush


Oi, amores! Tudo bom com vocês?
Poucos produtos da Lush não conquistaram meu coração e, felizmente, vim falar de um que é minha mais nova paixão – e um spoiler dos favoritos de julho, viu?! É o tônico facial Eau Roma Water da Lush, uma água em spray super potencializada para tonificar e tratar a pele.

Eu descobri esse produto quando fui na loja da Lush, em São Paulo, e o que me chamou atenção foi o fato de se tratar de uma aromaterapia. A vendedora disse que ela também hidratava a pele, então resolvi comprar. Acontece que esse produto é muito mais do que eu imaginava que seria, por isso achei que merecia uma resenha.

Tem um cheiro bem suave e docinho de rosas, mas firma bem na pele. Eu gosto de borrifar e então abanar um pouco com as mãos para sentir bem o cheiro. É reconfortante e relaxante enquanto ela seca e depois deixa meio que uma camada brilhante – natural, não oleosa – na pele. É ótimo para preparar a pele logo de manhã cedo ou antes da maquiagem.

Eu também amo usar antes de dormir, primeiro por causa da questão de ser aromaterapia, segundo porque, como a noite é quando a pele melhor absorve produtos, quando eu acordo de manhã minha pele está extra descançada. Qualquer irritação ou problemas com ressecamento simplesmente somem do dia pra noite.

Sério, uma vez eu tava com a pele um pouco ressecada no centro da testa, borrifei um pouco desse produto e assim que secou já estava melhor, fiquei DE CARA! Esse é o tipo de produto que surpreende e vai além das expectativas, sem falar que cumpra as promessas. De acordo com o site da Lush, a proposta do Eua Roma Water é hidratar, suavizar, reduzir vermelhidão e acalmar a pele, o que faz muito bem.

Eu tenho a pele oleosa, mas é como se ela conseguisse se adaptar a minhas áreas problemáticas e resolver qualquer probleminha, além de ter um cheiro muito bom e servir como aromaterapia. Para o tamanho e a quantidade de vezes que já usei acho o preço okay, custa R$ 38. Mas é um produto extra, meio que supérfluo, uma etapa a mais nos cuidados. Talvez você já tenha algo que tenha esse mesmo efeito na sua penteadeira – como eu não tinha, me apaixonei por ele e já quero mais.

O que vocês acham? Vale a pena testar?

Dicas: como recuperar a pele após viagem


Hello, amores! Tudo bom?

Eu viajei em maio e em junho e nesses dois períodos eu não fui nada gentil com a minha pele. Em maio fui para São Paulo, ou seja, foram quase 7 horas dentro de um avião (ida + volta), muito tempo na rua de maquiagem e nenhum cuidado antes de tirar para ir dormir. Em junho, fui para Fortaleza, cerca de duas horas e meia de avião (ida + volta) e muito tempo na beira-mar, cuidando menos ainda da pele. No final das contas, quando volto para casa, faço questão de dar uma atenção especial.

É sobre esse processo que vim falar com vocês hoje. Óbvio que eu levei demaquilante e sabonete para lavar o rosto, mas acaba que não é a limpeza mais profunda do mundo. Depois de três noites disso, a pele pede socorro sim. Sem falar que o ar reciclado do avião, o ar poluído de São Paulo e a maresia de Fortaleza são aspectos que entopem todos os poros e dão aquela aquela bad na pele.

Sigo alguns passos para garantir que minha pele vai ficar como nova depois da tanta aventura. Primeiro, preciso limpar de forma profunda e livrar minha pele de tudo aquilo que grupo na superfície junto com a pele morta. Por isso, faço uma esfoliação cuidadosa. Gosto do esfoliante da Korres porque as partículas são super pequenas, então não arranham, mas limpa profundamente.


Depois, para garantir que a limpeza não vai ser superficial demais, uso a água termal da Bioderma, que promete livrar a pele de qualquer sujeririnha, como poluição e maresia, mas sem remover os óleos essenciais da pele. Realmente vejo no algodão a diferença que faz depois que uso essa água. A pele fica limpa depois da esfoliação, mas fica mais ainda depois do Bioderma.

Com a pele super limpa e cheirosa, faço uma máscara para devolver o que a pele perdeu durante a viagem ou simplesmente para aprofundar a desintoxicação. Gosto da máscara de colágeno porque ela dá uma nova vida a pele, como se respirasse novos ares. A pele ficar super macia e com aspecto saudável.


Depois de remover a máscara, borrifo o tônico da Lush, que é um produto que acalma a pele, tampa os poros e purifica. Esse tônico em específico também funciona como aromaterapia, então deixo secar sozinho por alguns minutos, respirando profundamente.

Antes de dormir, não importa quanto tempo depois, termino o ciclo aplicando hidratante. Como eu tenho a pele oleosa, sou do tipo que detesta passar hidratante no rosto, mas além de ser super necessário, eu gosto bastante desse da Korres por ele ser em gel. Ou seja, não fica pegajoso, seca rápido e hidrata super bem, além de ser refrescante.


Pronto, depois de uma boa noite de sono – sem ar condicionado – acordo com a pele renovada. A maquiagem fica mais bonita e eu fico com cara de quem acabou de voltar da melhor viagem de mundo – e foram, as duas. Eu dei a dicas de alguns produtos para quem está procurando uma maneira de atualizar a rotina de cuidados com a pele, mas se você já tem um produto que gosta e funciona bem em você, pode usar sem medo!

Esse processo também é bom para fazer uma limpeza mais profunda na pele. Tento fazer isso pelo menos uma vez a cada duas semanas para saber não causar muitos danos a pele no dia a dia.

Resenha: shampoo e condicionador Shine Blonde da L’Oreal

Oi, amores! Tudo bom?

Desde que eu tenho uns 16 anos tenho o cabelo descolorido, com alisamento ou tingido. Entre puxadas e pintadas, sempre cuidei muito para que esses processos não acabassem completamente com meu cabelo. Tenho rotinas de cuidados e tento mantê-lo sempre hidratados e com o mínimo de pontas duplas e sem aparência de palha possível.

Para conseguir esse efeito de cabelo sempre saudável, sem ressecamento, brilhante e macio, já testei muitos produtos e propostas. Atualmente, tenho o cabelo com corte long bob e descolorido em ombré, o que exige hidratação semanal. Quando comecei a usar esse shampoo e condicionador da L’Oreal, que recebi da loja parceira do blog, a Kutiz,  fiquei com medo de acabar sendo pior pro meu cabelo, pois ele promete revitalizar a cor, o que significa, querendo ou não, mais química.

Acontece que se eu revezar entre essa duplinha e uma boa hidratação, os benefícios ficam e os danos se vão. Os dois produtos tem uma cor roxa, o que auxilia na hora de reavivar a cor. O shampoo não faz muita espuma, mas limpa bem e não tem um cheiro de química. Já o condicionador é bem fininho e também é fácil de enxaguar, não deixa resíduos.

Quanto ao efeito, é possível ver uma diferença após usar umas duas vezes. A cor realmente abre bem e o cabelo fica com movimento de tratamento de salão, um aspecto de novo. O ideal mesmo é usar ele sempre, logo que descolorir os fios, para prolongar a vida da cor original. Eu não fiz isso, mas mesmo assim deu pra ver que ele tem um bom efeito.

Ao juntar esses dois produtos da L’Oreal ao poder do óleo de argan, o cabelo fica com um acabamento lindo e a cor com um aspecto bem mais saudável. Porém, esse não é o tipo de produto para se usar com frequência. Ele tem químicos fortes que agem profundamente no cabelo, então eu tenho usado uma vez a cada quatro lavagens, pois meu cabelo é fininho e não tem mais idade para tanto repuxe.

Se você tem cabelo tingido ou descolorido, acho que vale a pena testar para ver como seu cabelo reage a essa tecnologia do shampoo roxo. Ele não é o mais hidratante, mas serve como um tratamento da cor. O que vocês acham? Esse tipo de produto vale a pena? Deixa aqui nos comentários.

Resenha: máscara capilar Urban Antidotes Resurrection Bed Head da TIGI

Oi, amores! Tudo bom?

Eu mencionei nos meus posts de Natal que a loja parceira do blog, a Kutiz, organizou um amigo secreto e eu ganhei a máscara de hidratação para cabelo Bed Head, da TIGI. Depois de ter usado algumas vezes, eu queria vir dizer a vocês o que eu achei dela. Eu tenho o cabelo descolorido – ombre -, então preciso hidratar sempre.

A TIGI é uma marca americana de produtos para cabelos profissionais. O lema dela é “de cabeleireiros para cabeleireiros”. Lendo isso eu deduzi que seriam produtos de resultado rápido e econômicos, levando em consideração o trabalho de um profissional. Spoiler: eu deduzi corretamente.

A Bed Head Urban Antidotes Resurrection é uma máscara para cabelos com nível de dano 3, ou seja, ela é bem poderosa e faz um tratamento mais intensivo que uma ampola de tratamento, por exemplo. Como meu cabelo não chega a estar nem no nível 1 de danos, essa máscara vai muito além do que eu preciso, então o resultado acaba sendo muito positivo.

Porém, a primeira coisa que chama atenção nesse produto é o cheiro. Eu não gostei nem um pouco do cheiro – é muito forte e nada agradável. Vocês sabem que eu soube em descrever aromas, mas parece alguma fruta, só que 150x mais forte. Adiei o teste desse produto por muito tempo por causa do cheiro, não queria ficar andando por aí sentindo o aroma o dia todo.

Quando eu decidi testar, eu usei ele e depois de enxaguar, fiz uma camada com meu condicionador normal. O cheiro enfraqueceu bastante, só dá pra sentir se eu realmente pegar o cabelo e cheirar. Por isso consegui continuar usando.

A textura dela é bem grossinha, me lembra bastante manteiga corporal. Um pouquinho de produto consegue fazer uma boa camada nos fios. O bom dela é que sugere que você deixe no cabelo de 3 a 5 minutos – a ação é bem rápida, não tem aquela coisa de ficar 15 minutos dentro do banheiro esperando uma máscara fazer efeito.

Além de rápido, o resultado também é imediato. Ao enxaguar já dá pra sentir a diferença, o cabelo fica muito macio e sem nó nenhum. Quando deixo ele secar naturalmente, não tem nenhum frizz que se preze. Ele fica bem bonito, com umas ondinhas bem feitas.

Percebi que ele também deixa o cabelo mais encorpado a longo-prazo, fica com um movimento bonito e o caimento mais arrumadinho, além de ficar com uma aparência muito saudável.

A única coisa que realmente não agradou foi o cheiro – fora isso, esse produto realmente deixa o cabelo com vibe de tratamento profissional. Vou continuar usando para ver a questão de se ele também ajuda as pontas a se manterem saudáveis por mais tempo, mas já posso dizer que amo!

Quem aí já testou produtos dessa marca?

Resenha: condicionador corporal Ro’s Argan da Lush

Hello, amores! tudo bem?

Não é a primeira nem última vez que eu falo sobre o amor que é a Lush. Um dos primeiros produtos deles que eu usei e me APAIXONEI foi o condicionador corporal Ro’s Argan. O negócio é que ele é caro pra caramba, então passei um tempo sem poder usá-lo novamente. Mas nas promoções da vida, ele retornou para mim e estou muito feliz! Para vocês ficarem sabendo do amor que esse produto é, estou aqui para fazer aquela boa e velha resenha sincera.

ros-argan-lush-1

Já tinha ouvido falar de óleo de banho e hidratante de banho, mas condicionador corporal pra mim foi novidade! Acontece que ele tem basicamente a mesma ideia do condicionador para cabelos e, na minha opinião, dá na cara de muito hidratante por aí! O modo de usar é muito simples: depois de lavar o corpo com qualquer sabonete, basta passar um pouco do condicionador no corpo e esperar alguns minutinhos.

Não precisa de muito – e na própria embalagem não tem nada falando sobre esperar, mas eu prefiro – e depois é só enxaguar normalmente. Ele não deixa resíduo na pele, como os óleos de banho deixam. Sai completamente com água e, quando usei esse produto pela primeira vez, fiquei super sem entender como ele poderia funcionar se o produto estava indo de água a baixo.

ros-argan-lush-2

Mas funciona sim, e muito bem! A pele fica com um cheiro maravilhoso – pena que eu sou péssima quando o assunto é descrever aromas, mas é uma coisa mais fechada, natural e sofisticada – e um toque super macio. Sério, esse produto salva a pele mesmo! Fica com aspecto de hidratada e  super suave. Recentemente, me ajudou a cuidar de uma queimadura de sol no ombro.

Uma quantidade pequena desse produto faz uma grande diferença e não ache que está descendo pelo ralo, porque dá pra perceber diferença da mesmo forma que sentimos com um condicionador de cabelo. Esse é, sem dúvidas, um dos meus produtos preferidos da Lush.

Você já testou? Deixa aqui nos comentários!