Desafio do batom líquido: quais são os preferidos?

Hello, amores! Tudo bom com vocês?

Um dia desses eu percebi que a quantidade de batom líquido que eu tenho é um pouco acima do necessário para quem tem uma boca só, então pensando nisso pensei em me desafiar. Queria ver quantos dias seguidos eu conseguiria usar batom líquido, sendo uma cor diferente cada dia. Considerando que ele seca bem os lábios, eu diria que consegui por um bom tempo e vim trazer para vocês os meus preferidos.

Às vezes é um pouco difícil de perceber a diferença entre uma fórmula e outra de batom, mas eu notei que, usando um depois do outro, essas diferenças ficam muito mais nítidas. Usei uma cor diferente por dia por oito dias e cheguei a algumas conclusões. A primeira delas é: não façam isso. Os lábios acabam ficando muito ressecados e pode ser difíicl recuperar. Eu cuido bem, então não senti muito os efeitos, mas depois de oito dias, dá até uma agonia.

A segunda coisa que senti foi a diferença de duração. Mesmo entre batons da mesma linha, dá pra sentir uma diferença leve. Os batons Pausa Para Feminices, por exemplo: os batons regulares duram mais do que os que tem glitter na fórmula. Mesmo não sendo difícil de reaplicar, eu consegui notar bem que os batons matte opacos tem uma duração um pouco melhor, enquanto os com brilho saem quando eu como.

Já a fórmula do batom da Quem Disse Berenice tem uma duração parecido com as do batom com glitter do Pausa Para Feminices, mas eles saem da boca de forma mais graciosa. Enquanto os da PPF vão saindo no meio e deixando aquele círculo sem batom, os da QDB saem igualdamente da boca toda, deixa só um manchadinho.

Também notei quando a textura, no quesito conforto, que as fórmulas com glitter da PPF e da linha Bruna Tavares são mais confortáveis do que os regulares e se assemelham ao da QDB nesse sentido. Eles parecem a textura mais fina, fica menos pesado nos lábios – talvez até por isso mesmo saiam mais rápido, enquanto os da PPF parecem deixar uma camada mais carregada.

Notei muita semelhança no quesito pigmentação, nenhum desses batons deixa a desejar nesse quesito. Na primeira passada, já tem a cor perfeito e fica bem nivelado. Não craquela nem fica acumulando na linha fina. Todos eles são muito shows nesse quesito e não sei se consigo escolher um favorito – mas como passo muito tempo na rua, acabo escolhendo mais aqueles que sei que vão durar mais.

E para vocês, qual é o melhor batom líquido? Deixa aqui nos comentários!

Anúncios

Novo na penteadeira: batom Paula da linha Bruna Tavares

Oi, amores! Como vão?

Desde que a Bruna Tavares lançou a linha dela fora do Pausa Para Feminices, tenho desejado um batom com o nome Paula. Ela homenageou várias outras blogueiras, amigas e leitoras ao dar os nomes aos batons e depois de muito esperar, finalmente chegou o batom Paula, que eu finjo que foi em minha homenagem – mas não foi não, queria eu.

Eu surtei assim que ela anunciou e nem tinha visto a cor direito, já tava querendo – acho que mesmo se fosse um laranjão neon eu ia querer só pela emoção, mesmo detestanto batom laranja. Mas a cor é a coisa mais linda, super elegante, atemporal e bem madura. Fiquei super feliz quando vi, afinal era uma cor que eu sabia que usaria.

Ele muda um pouco de pessoa para pessoa, mas em mim fica um marrom mais quente, tipo chocolate e, por ter partículas de brilho douradas, ele acaba ficando com um efeito bronze muito lindo, chega fico me sentindo poderosa.

Eu amo a fórmula de todos os batons da Bruna, sendo da linha própria dela ou do blog, ela arrasa muito no quesito pigmentação e durabilidade, então a única coisa que tava faltando para me comprar era a tonalidade do batom Paula e, nessa questão, ela não me decepcionou nem um pouco. Caiu bem no meu tom de pele e em mim fica um pouco mais escuro do que eu tenho visto nas outras pessoas, mas também amei isso.

Acaba que ele fica aquele tom bem classicão de marrom em mim, cor que eu lembro bem de usar quando era mais nova e roubava os batons da minha mãe – inclusive, ela amou essa cor também e já pediu emprestado. Mas posso dizer: ele é meu e tem MEU NOME!

Resenha: gloss da Fenty Beauty by Rihanna

Oi, amores! Como vão vocês?

Quando eu vi o lançamento da Rihanna, fiquei muito curiosa para testar esse gloss. Ele, por enquanto, é o único da linha e tem a proposta de ser universal, ou seja, deve ficar bem em todo mundo, independente de tom e subtom de pele. Achei legal toda essa tecnologia e testei, agora vim dizer como foi a experiência.

Primeiramente, eu amo MUITO a embalagem. Acho super elegante, amo o tom de rose gold da tampa e a geometria deixa tudo bem moderno. Ela é pesadinha, dá aquela vibe meio de coisa de luxo e a embalagem é de vidro mesmo, sabé?! Dá pra ver direitinho a cor e o brilho do gloss dentro.

Porém, essa cor que você vê na embalagem não é exatamente a cor do gloss. Ele tem um tonzinho bronzeador quando você aplica nos lábios, mas depois de um tempo some e fica, literalmente transparente. Fica parecendo que sua boca ta molhada, refletindo naturalmente, com umas partículas de brilho muito lindas.

A textura dele é bem incrível, você sente meio grossinho logo ao tirar o aplicador da embalagem e passar nos lábios, ele gruda nos lábios e depois fica super suave, não fica pegajoso quando você ta falando, sabe?! Fica só o brilho mesmo, não fica incomodando. Claro que ainda tem textura de gloss, então o cabelo gruda como sempre, mas não fica colando os lábios.

Não acho que ele seja daqueles que dá a impressão que o lábio ta maior, como o Butter Gloss da NYX, mas com certeza chama atenção porque reflete feito espelho. Nesse swatch da foto, fiz questão de angular de uma forma que desse pra ver a luz batendo direto nele. Ele fica bem assim nos lábios, bateu luz, cega todo mundo.

Também experimentei usar por cima de um batom líquido e ele se comporta da mesma fora e não notei ele alterando a duração do batom, só na parte interna da boca, onde acumula naturalmente qualquer batom, ele meio que deu uma “amolecida” na batom líquido, mas nada trágico. O gloss tem a mesma duração por cima de um batom que tem sozinho, mas ele é um pouco complicado de aplicar com um pincel.

Por ele ser grossinho logo de entrada, acumula o pouco no pincel e não fica tão carregado de brilho assim. Evitei passar direito com o aplicador do gloss para não sujar e depois colocar de volta no produto, manchado de batom, mas realmente foi difícil com um pincel. Vou continuar procurando uma maneira melhor de aplicar sem ser direto do aplicador.

Esse gloss é tudo, é o melhor para o dia a dia por não ter cor, é o melhor para uma festa por super refletir a luz e dar um up em qualquer batom, tem uma textura maravilhosa e um cheirinho de baunilha, mesmo quando começa a sair não é aquela coisa desagradável, não resseca, não cola os lábios e ainda combina com todo e qualquer look.

Quero usar com tudo, fico me sentindo super poderosa quando uso. Espero que chegue logo no Brasil, mas a Sephora nacional já disse que não tem previsão para esse ano, infelizmente. Eu quero muito testar a base também, então espero que consigam trazer e, mais importante, que tragam todas as cores. A resenha do iluminador chega em breve, o que acham?!

Conversa: como não criticar maquiagem alheia

Oi, amores! Como estão?

Eu sou o tipo de pessoa que repara muito na maquiagem dos outros, ÓBVIO. É uma coisa que eu amo, que tenho curiosidade, e sempre reparo se alguém estiver usando maquiagem junto de mim. Se a pessoa não estiver usando também, eu fico olhando para o rosto dela e imaginando como faria maquiagem nela. Sim, eu sou doida, fazer o que?

Mas mais de uma vez, já aconteceu de alguém ficar comentar sobre a maquiagem de outra pessoa comigo. A questão é que existem comentários e comentários, né?! Por exemplo: eu AMO usar blush; normalmente quando coloco, coloco pra que fique aparente mesmo, naquela daquele toquezinho de cor que você respira e já saiu, gosto de olhar no espelho e ver. Para algumas pessoas, isso é visto como a coisa mais errada do mundo e pode gerar comentários.

Outra coisa é quando uma pessoa erra no tom da base e não puxa o produto até o pescoço, aí fica aquela linha no queixo e nas orelhas, marcando a diferença. A diferença, para mim, é que a questão do blush é gosto pessoal e a questão da base é desligamento. Eu já usei base que não era meu tom exato, por vários motivos – porque queria testar pra vocês, porque não reparei que a base oxida ou porque não tinha outra opção mesmo. Mas sempre que passo base, passo nas orelhas e no pescoço também, então acaba que minimiza os erros.

O que eu não acho legal é quando uma pessoa usa muito iluminador ou muito blush e alguém comenta como se estivesse errado, sabe?! Porque, para mim, não está. Em lugar nenhum diz qual é a quantidade, é mesmo uma questão de gosto pessoal. E se a pessoa gosta, qual é o problema? Eu gosto de sair parecendo boneca com a bochecha bem rosinha, e aí?

Também adoro um contorno mais marcadinho, mas já aconteceu de eu errar na mão e ficar manchado, fazer o quê? Acho que ninguém tem direito de sair apontando pra maquiagem do outro não, no máximo rola dar um toque na pessoa e pronto, deixa ver o que ela vai fazer. Se na semana seguinte ela aparecer do mesmo jeito, deixa pra lá.

Maquiagem é uma coisa bem pessoal e é até um pouco desconcertante quando alguém aponta algo errado no seu rosto, afinal, é seu rosto! Imagina só alguém dizendo que tem algo estranho bem ali na sua cara; nossa, preferia morrer. Então vamos deixar pra lá a crítica da maquiagem alheia, vamos cada um ser feliz com blush marcado e contorno escuro – mas sempre avisa a amiga se ela estiver com o dente sujo de batom, ta?!

Como preparar lábios para batom líquido

Oi, amores! Tudo bom com vocês?

Não é de hoje que se fala em batom líquido, mas de muito usar, meus lábios começaram a sofrer um pouco sim. Como ficam “selado”, eles ressecam mesmo, então é preciso ter alguns cuidados antes e depois do batom para que o resultado fique sempre bonito e os lábios não sofram tanto.

Quando a gente tem um cuidado especial com os lábios, o acabamento do batom fica mais bonito, dura mais e não incomoda tanto. Então para preparar os lábios, a primeira coisa é esfoliação. Esse processo garante que qualquer pele morta ou que já estava soltando saia e o lábio fica mais lisinho para receber a cor, sem que ela acumule em partes mais ressecadas.

Depois de esfoliar, é importante hidratar e eu amo a pomada Bepantol para isso. Ela hidrata tão bem que, além de os lábios ficaram super macios, também fica um pouco mais cheinho, sabe?! Como se tivesse acabado de tomar um gole d’água. A superfície fica mais macia e o batom desliza mais fácil, mas é importante tomar cuidado para não deixar resíduo da pomada antes de passar batom, senão ele altera a consistência e afeta a duração.

Depois desses dois passos, eu gosto de passar o SOS Batom Matte do Pausa Para Feminices, que funciona meio que como um primer para os lábios. Deixa a textura super aveludada para receber o batom e, de quebra, ainda ajuda a melhorar a duração dele e deixa o acabamento bem mais bonito. Esse acaba sendo um passo extra, mas sinto diferença sempre.

Ao completar esses dois passos, os lábios já ficam prontos para receber o batom. Juro que, ao seguir esses passos, você vai perceber que seus lábios ficaram mais bonito, o batom dura mais – a ponto até de dar mais trabalho para tirar depois – e não resseca nem um pouco os lábios. Porém, ainda é preciso ter cuidado na hora de tirar.

Evite ao máximo repuxar os lábios com um lenço demaquilante, algodão ou esfregar com a mão mesmo. Isso, além de ressecar a pele, também acaba causando flacidez, por ser uma área mais carnuda. O legal é usar um demaquilante que derreta o batom e aí você só precisa de água ou uma passada de nada de uma toalha ou papel para ele sair.

Depois que tiver tirado, é importante tratar os lábios com um bálsamo que contenha mel de abelha, pois esse ingrediente faz com que a área segure a água local e não resseque tanto. Caso você não tenha feito o processo de esfoliação e pomada antes, pode fazer depois e caprichar na quantidade de pomada, evitando usar o SOS Matte. Muitas vezes durmo com a pomada e no outro dia acorda tudo sequinho e super hidratado.

Se você não cuidar bem dos seus lábios, não importa quão lindo seja o batom, ele não vai ficar com um efeito tão legal. Se seguir alguma dessas dicas, deixa aqui nos comentários se funcionou!

Resenha: três lip pencils da Revlon – matte, balm e lacquer

Oi, amores! Como vão vocês?

Um dos produtos mais icônicos da Revlon, os lip pencils são super práticos, aquele tipo de batom que a gente deixa na bolsa para o caso de emergências. Mas você sabia que a linha tem vários tipos de acabamento? É importante saber exatamente o que cada um significa, assim fica mais fácil de escolher o favorito, não é?!

Lacquer balm: Ele tem uma textura super cremosa, mas um pigmento impecável. Quando você aplica, parece um balm mesmo, bem hidratante. Como tem um cheirinho de menta, é que parece mesmo ser um balm, mas o pigmento é de batom. Uma camada e a cor já é super forte e viva, mas por ser super cremoso, não tem a melhor duração e borra com certa facilidade.

Balm stain: Esse também tem uma textura super cremosa, mas a proposta é ser mais balm do que batom, diferente da fórmula anterior. Ele é super hidratante e deixa só uma corzinha saudável nos lábios, nada muito forte, mas que tem uma boa durabilidade e dá aquele up. É quase como um gloss transparente, mas sem grudar tanto, porque com o tempo de uso ele seca um pouco mais e deixa a corzinha.

Matte balm: Ainda com textura cremosa, mas com acabamento matte, esse é o mais batom mesmo dos três. Ele desliza muito facilmente nos lábios, mas não fica com rastro do brilho e, com tempo de uso, vai secando. Dos três, esse é o que dura mais, e ainda deixa a cor nos lábios quando sai. Ele é super confortável também, como os outros.

No geral, esses batons são os coringas que você deixa na bolsa. O formato dele garante uma aplicação MUITO fácil, não precisa do melhor espelho nem de muita preocupação, pois a pontinha encaixa muito bem nos lábios. O meu favorito é o balm stain, pois fica na bolsa e quebra qualquer galho, além de servir como uma hidratação extra para os lábios.

A gama de cores e acabamentos da linha de lip pencils da Revlon é bastante variada, não é a toa que é tão querida. Porém, atenção na hora de comprar o seu, pois a cor pode ser perfeita, mas o acabamento pode não ser o que você procura e deve se levar em conta que a chave de ouro desse batom não é a duração, okay?! Ele realmente não dura se você for sair pra comer, mas é bom pra uma manhã de trabalho ou aula, pois dá uma corzinha, mas é confortável.

E ai? Acha que vale a pena? Qual acabamento você prefere?

Lançamento: Pausa Para Feminices lança coleção especial de aniversário

Hello, amores! Como vão vocês?

No dia 5 de julho, o blog Pausa Para Feminices completou oito anos! Cara, oito anos é bastante tempo, né?! Para comemorar, a Bruna Tavares lançou cinco novos batons: Wendy, Siren, Bela, Cavalier e Sândalo. É uma coleção que foge do acinzentado que virou marca registrada da Bruna e puxa para o neutro. Eu queria todos, mas como querer não é poder, vim só mostrar pra vocês o lançamento incrível.

A ideia da coleção, segundo a Bruna, é que todo mundo consiga encontrar o seu neutro perfeito dentro dessa coleção. Os tons variam de rosado para marrom intenso, então você encontra várias personalidades dentro desses lançamentos. A Bruna fez um post contando como foi a criação do blog dela e o trajeto até chegar aonde ela está com suas coleções, achei super inspirador.

Agora vamos começar falando dos batons: o primeiro é o Wendy, um rosa meio quente meio pêssego, super menininha delicada. É o batom mais claro que a Bruna já lançou no PPF e, particularmente, meu favorito. A Bruna explicou que ele é um batom “subtom”, ou seja, a cor dele vai mudar dependendo do subtom da pele de quem usa – ele pode ficar mais rosa, mais pêssego e até mais marrom.

Depois vem o Siren, inspirado no batom bala de mesmo nome, que foi um dos mais vendidos na época de lançamento. Ele foi inspirado na Kylie Jenner, na época que ela nem tinha coleção própria ainda, mas já chamava atenção pelos lábios bem desenhados com tons quentes amarronzados.

O terceiro é o batom Bela, também uma versão líquida de um batom bala que a Bruna lançou na mesma época que o Siren e foi super procurado. Ele é um tom de marsala mais fechado e lindo, que eu sou doida pra testar porque a Bela é a minha princesa da Disney favorita.

O quarto poderoso é o Cavalier, inspirado na cor do pelo do cachorro da Bruna – isso mesmo, a gente encontra inspiração em todo lugar, basta ter um olhar diferenciado -, que tem um tom de marrom terra avermelhado lindo demais.

E por último, mas nada menos importante, é o batom Sândalo, que por muito tempo foi chamado de “cavalo” por causa da cor. Ele é um marrom madeira vermelha lindo que tenho certeza que vai valorizar os lábios de todo mundo.

Eu honestamente queria poder ter a coleção completa porque todos são muito lindos e super diferentes de tudo que eu tenho na minha penteadeira. Se alguém tiver querendo me dar um presente, eu aceito qualquer um desses. Qual cor você mais gostou? Deixa nos comentários:

Todos as fotos nesse post pertencem a Bruna Tavares e Pausa Para Feminices

Resenha: SOS Batom Matte Primer Matizador do Pausa Para Feminices

Hello, amores! Tudo bem?

Há um tempo atrás eu falei sobre um produto super interessante que a Smashbox estava lançando: um gel que matifica qualquer batom. Acontece que a dona dos batons líquidos Bruna Tavares se inspirou nessa ideia e lançou o SOS Batom Matte, um gel que serve como primer para os lábios e ajuda a duração de qualquer batom a melhorar monstruosamente, além de ficar lindo.

Sabe como batom matte tende a deixar a gente com os lábios bem secos? A ideia desse produto é preparar melhor a boca antes de receber o batom. Ele é transparente e bem fininho, então basta aplicar uma camada fina que já dá pra sentir a diferença; os lábios ficam super macios, aveludados e com sensação de mais lisos.

Porém, é preciso ter bastante atenção na hora de aplicar o produto: tenha cuidado para aplicar uma camada uniforme em toda boca e não apenas no centro ou só na parte mais externa. O que acontece é que o batom vai sair antes nas áreas onde o produto não foi aplicado, aí vai ficar uma coisa meio estranha – experiência própria.

Pra fazer o teste, eu usei o mesmo batom dois dias seguidos, um com e o outro sem a ajuda do SOS Batom Matte e posso dizer que COM CERTEZA faz diferença. Esse produto rapidamente se tornou um daqueles que você não sabia que precisava, mas aí usou uma vez e sabe que não tem como ficar sem.


Diferença na aplicação

A primeira coisa é que a aplicação fica muito mais fácil com ele por baixo. O batom desliza com facilidade e o pigmento fica bem mais concentrado logo na primeira passada. Também fica bem mais uniforme, sem problemas de ficar tentando ajeitar na hora da aplicação.

Diferença na cor

Uma coisa que ficou assustadoramente claro pra mim é como a própria cor do batom fica bem mais bonita. É como se esse produto “acendesse” o tom do batom – não no sentido de ficar mais chamativo ou de alterar a cor, mas é como se ficasse mais puro.

Diferença na duração

Claro, a duração aumenta em umas duas vezes, principalmente se você aplicar direitinho. Pode comer, beber, o batom continua firme e forte na sua boca. E, quando finalmente sai, é de uma forma mais graciosa e uniforme, sem deixar aquela palhaçada estranha na boca com uma parte com batom e a outra sem.

Diferença no conforto

Em relação ao conforto, é possível sentir uma diferença maior na hora da aplicação mesmo; o batom ficar mais macio, “puxando” menos. Porém, conforme o tempo vai passando, a sensação vai ficando igual a quando se usa um batom líquido sem nada. Não é uma coisa necessariamente ruim, só não altera muito a questão do ressecamento dos lábios causado por usar um batom líquido.

Acho que para qualquer pessoa que é amante dos batons líquidos, esse produto é essencial. Ele realmente melhora muito a aparência do batom e economiza produto. Alguém aí já testou? Eu vou fazer o teste com um batom mais cremoso para descobrir se faz diferença, fiquem de olho lá no Instagram que vou contar por lá o que achei.

Experiência: penteadeira cápsula


Oi, amores! Como vão vocês?

Mês passado eu falei tudo sobre o que era essa ideia de penteadeira cápsula e sobre minha vontade de testar essa proposta com batons, pois tenho uma variedade enorme. Agora volto aqui para falar para vocês como foi, mas já adianto: falhei miseravelmente.

Eu havia escolhida três batons para o mês: o Rose do Pausa Para Feminices, o Nudelina da Quem Disse, Berenice? e o Velvet Teddy da MAC. Meu erro já começou com as escolhas, pois apesar de serem batons MARAVILHOSOS, todos são neutros e dois são mais puxados para nude, ou seja, acaba que eu fico sem muita opção pra diferenciar os looks.

A segunda coisa é que, além de eu precisar testar outros batons para contar a vocês o que eu achei, a cor do batom que eu uso depende do meu estado de espírito no dia. Sem falar que muitas vezes acabo usando o mesmo batom por dias e dias seguidos, se eu amar muito a vibe dele.

Mas então fui assistir mais um vídeo da Linda Kramer, YouTuber e maquiadora que me ensinou o que é penteadeira cápsula, e percebi um detalhe importante. Ela havia separado quatro batons por semana para usar, quando eu escolhi apenas três o mês inteiro – o que não faz nem sentido levando em consideração a quantidade de batom que eu tenho.

Então andei observando os batons que eu mais uso e realmente, não são tantos assim, quando penso na quantidade de cores que tenho. Assim, resolvi mudar minha pegada nessa ideia de penteadeira cápsula: ao invés de escolher três batons por mês, eu vou tentar observar quais são os batons que eu mais usei no mês e vou vir contar o top3 3 pra vocês, mas vou tentar não repetir as cores a cada mês que passar.

Dessa forma, vou poder usar sem medo as cores que eu mais amar e ainda ter uma rotatividade muito maior dos meus batons, o que é a essência da penteadeira cápsula! O que vocês acham desse novo modelo? Deixem aqui nos comentários:

Resenha: batom Letícia da linha Bruna Tavares

Olá, amores! Como vão?!

Vocês já cansaram de me ouvir falar dos batons da Bruna Tavares? Eu espero que não, porque eu não cansei de me maravilhar por tudo que ela lança. Em um post recente eu falei sobre como eu estava de olho em um dos tons mais novos que ela lançou, o Letícia. Assim que tive uma brechinha pra ir na Renner, agarrei um e vim contar para vocês o que achei.

Sobre a fórmula, eu já falei 765 vezes que é a minha preferida, mas vamos recapitular o que eu disse na primeira resenha que fiz dos batons da Bruna:

“É bem líquido, então quando seca gruda mesmo. Não achei ele desconfortável, é o normal de todo batom líquido. A pigmentação é incrível logo na primeira passada. Não transfere nada e a cor fica bem uniforme, mesmo se for necessário retocar – acontece após comer algo mais gorduroso, mas muito pouco e é fácil de reaplicar apenas onde a cor saiu. A duração desses batons é a melhor que eu já vi, várias pessoas já comentaram “menina, esse teu batom não sai nunca não?”, pois ele já sobreviveu até ao teste da pipoca!”

E tudo isso continua sendo uma verdade muito verdadeira, a fórmula é incrível demais! Mas já conhecendo, eu fui mais atraída pela cor no caso do Letícia. Vi várias fotos no instagram da Bruna e me chamou logo atenção por ser esse nude meio caramelo mais clarinho, meio doce de leite, meio algo que dá vontade de comer.

Fiquei com medo de ele ficar muito mostarda em mim, mas não chega nem perto. Ele é neutro, então mesmo mudando um pouco de uma pessoas para a outra, ele não amarela em ninguém. É muito, muito lindo, não sei nem medir o quanto eu estou apaixonada por essa coisa linda. Fica bem cara de menina comportada, mas sem ser sério e sóbrio demais, ele é um nude mais diferentão e divertido que a maioria.

Eu tenho amado usar no dia a dia, pra ir pra aula, mas usaria para qualquer outra ocasião, pois ele é delicado o suficiente para situações que exigem uma moral de gente importante. Eu amei muito a cor dele, sério. Fico olhando no espelho o tempo todo, acho que vou ter que tirar o Victoria do primeiro lugar e colocar o Letícia [minha alma dando gritos ao fundo] porque eu realmente não quero usar mais nada na vida!

Sim, isso já pode ser considerado um spoiler do que vai estar na minha lista da favoritos mês que vem! Você já testou? Deixa aqui nos comentários se ele é seu favorito também: