Resenha: esponja de maquiagem da Macrilan

Oi, amores! Tudo bom?

Então, um mês desse falei aqui eu estava amando usar esponjinha de maquiagem para explicar base. Estava usando a da Real Techniques, mas como ela é bem cara, pensei em procurar uma alternativa. A Macrilan é uma marca bem conhecida e sei que os pinceis deles são muito bons, como as esponjas estavam com um preço super em conta, R$ 15, resolvei testar  e agora vim contar para vocês o que achei.

Uma coisa que me impressiona muito na esponja da Real Techniques é como ela é macia, mesmo estando seca. Eu gosto de usar sem molhar mesmo, mas se colocar debaixo de água correndo e dar uma expremidas, ela cresce muito e fica ainda mais macia. Não gosto de usar molhada por minha pele ser bem oleosa.

Quando abri essa da Macrilan, já fiquei decepcionada. Ela é dura em um nível histórico, mas dura ainda que a que eu tinha testado de uma outra marca menos conhecida, que eu não consigo lembrar o nome de jeito nenhum, de tão aleatória. Pensei que ao molhar a situação iria melhorar, mas não foi o caso. Ela cresce muito, acho que três vezes o tamanho original, mas não fica nem um tiquinho de nada mais macia.

Por ser tão densa, ela não suga nada do produto, tanto que nem lavei para tirar foto. Dá pra ver onde o produto tocou, é possível notar que a base não foi absorvida. Claro que aplica o produto na pele, afinal é como aplicar com qualquer outra coisa, mas meio que só arrasta a base e não “assenta” ele como a esponja da Real Techniques faz, que meio que “casa” a base com a pele por ter uns poros mais abertos.

Acabo fazendo o acabamento final com a esponja da RT e sinto que a esponja da Macrilan acaba precisando de mais produto, por mais que não absorva. Fiquei bem decepcionada com a performance dessa esponja; a única coisa que achei positiva é que a cobertura da base fica mais alta, porque a pele fica mais sobrecarregada de produto – mas isso acaba deixando oleosa mais rápido, então no final nem isso salva.

Infelimente, ela foi baratinha, mas não deixou de ser um desperdício. Vou continuar investindo na esponja da RT que, mesmo que cara, realmente me dá o melhor resultado, agilidade e é mais macia, então não fica parecendo que você está esmurrando a própria cara ao aplicar.

Anúncios

Indicações: Top 3 produtos da Vult


Oi, amores! Tudo bom?

Maquiagem é bom, mas maquiagem com preço mais acessível é melhor ainda, não é?! Por isso eu fico super feliz quando encontro algum produto de marca nacional que é mais baratinho e funciona super bem. Quem normalmente me surpreende nesse quesito é a Vult, que é super fácil de achar, tem uma gama bem grande de produtos e ainda de ótima qualidade. Nesse post trago meu top 3 da marca.

Base líquida HD alta cobertura: esse é daqueles produtos coringas, super práticos e que valem a pena. A cobertura dela é realmente incrível e tem uma boa duração também, boa para o dia a dia, ótima para levar na bolsa e você pode encontrar por vários preços, varia bastante mesmo, mas normalmente fica por volta dos R$ 30.

Se você só vai ali no shopping ou fazer uma feirinha, essa é daquelas que não dá trabalho, mas tem bom acabamento. Não segura tão bem a oleosidade e transfere um pouco, mas nada que enxugar e dar um retoque não ajude. Uma das minhas bases preferidas do momento.


Contorno facil em stick: fiquei super animada para testar esse produto e hoje em dia adoro. Ele tem um tom muito bom para contorno e a pigmentação é incrível, é bom até tomar cuidado. A textura dele é bem cremosa e fácil de esfumar, mas o acabamento não é nada oleoso, fica muito bonito.

Eu gosto de usar esse produto pra tirar foto. Contorno em pó muitas vezes perde o efeito em fato, meio que dá aquela “apagada” nas dimensões do rosto, mas isso não acontece com esse stick. Ele marca bem e não some na pele – isso quer dizer que ele não é tão discreto, então cuidado com o uso durante o dia. Também varia de preço, mas fica por volta de R$ 25.


Pó translúcido: o primeiro produto da marca pelo qual me apaixonei e cada dia amo mais. Esse pó é bem fininho e dá um acabamento incrível na pele. Pode ser facilmente usado apenas para selar a maquiagem, mas também amo para fazer a técnica de baking. Ele dura muito também, esse é meu segundo compacto, comprei em maio; o primeiro durou mais de um ano.

Eles também tem pó com cor dessa mesma linha então para quem também quer dar uma cobertura a mais, é legal dar uma conferida nas opções. Eu amo porque ele sela até corretivo abaixo dos olhos sem deixar aquela penumbra branca. Esse é o produto que mais varia de preço, já vi por vários valores diferentes, mas fica na faixa dos R$ 35.


Também gosto bastante das sombras, pigmentos soltos e pinceis da marca, mas esses três produtos são daquele que, quando acabar, eu vou correr para comprar mais. E quais são os seus favoritos da Vult? Deixa aqui nos comentários, essa marca surpreende mesmo e ainda cabe no nosso bolsinho, né?!

Indicações: favoritos de Setembro

Olá, amores! Tudo bom?

Meu Deus, nem acredito que setembro acabou. Oficialmente, começou a contagem regressiva para o final do ano e, claro, para a melhor época: natal. Já estou super animada, contando os dias e fazendo mil planos para minha festa favorita da vida. Enquanto isso, trouxe os favoritos do mês de setembro para vocês. Tem alguns produtinhos inéditos dessa vez, para felicidade de todos, mas não testei muita coisa esse mês. Então vamos ver!

Base colorstay da Revlon: Sim, essa base entrou nos favoritos do mês passado e postei uma resenha completa dela essa semana, mas ela está aqui de novo. Como vocês podem ver, dois terços dela já se foram e eu estou sofrendo. Além de eu já amar essa base, a marca colocou um pump, que além de ter tornado o produto bem mais prático, não tem desperdício. É uma perfeição mesmo.

Água micelar Bioderma Sébium: A única água micelar que realmente se deu com meu rosto. Já não vivo mais sem, consigo até perceber uma mudança a longo prazo em relação a meus poros. Também acalma muito minha pele em relação a irritações, espinhas avermelhadas e ajuda a cicatrizar quando eu mexo. Ah, a limpeza dela também é super profunda e não arde nem resseca, deixa bem equilibrado mesmo.

Contorno facil stick Vult: Esse produto aqui se tornou um dos meus favoritos na hora de tirar foto. Ele é bem pigmentado, então em foto ele faz mais efeito do que contorno em pó. Também é super fácil de usar, mas prefiro apicar com um pincel de cerdas curtas; dá mais controle e tem menos disperdícios assim. Ele esfuma fácil e tem um tom ótimo de contorno mesmo, por ser mais frio.

Cílios postiços em Beyond Naturale 2 da Kiss New York: Não sou muito de usar cílios postiços, mas apliquei esses e simplesmente amei o efeito. Ele é bem marcante e esse formato deixa os olhos com ares felinos. Não é nada natural, mas fica muito bonito. Também é ótimo para tirar foto, porque marca bem o olhar, mas não esconde a sombra.

Pincel de esfumar da BH Cosmetics: Nunca tinha usado nenhum pincel da marca e simplesmente me apaixonei por ele. Ele pega a sombra e esfuma sem acumular, é super fofinho, deixe o efeito de esfumado perfil e é muito simples de trabalhar. Nem gasto muito tempo quando uso ele, pois o acabamento fica incrível. E ele realmente não “segura” nenhum produto, então posso usar vários tons de sombra sem precisar lavar o tempo todo.

Esses são os cinco produtinhos mais amados do mês! Quais são os seus? Deixa aqui nos comentários, pois amo conhecer coisas novas!

Resenha: base Colorstay da Revlon


Hello, amores! Tudo bom?

Eu uso a base da Revlon há anos, mas foi só quando eu recebi uma com a nova embalagem que percebi que nunca havia feito uma resenha antes. Ela já tinha aparecido nos meus favoritos antes, mas algumas de vocês me perguntaram se essa base era boa mesmo, então resolvi fazer uma resenha mais completa para vocês.

A Revlon é uma marca britânica que se encontra em farmácias lá fora, então ela tem um preço super acessível na gringa. Aqui, ela é uma marca de preço mediano, que recentemente foram remarcados e estão mais acessíveis. Fico no nível de valores da Quem Disse, Berenice?. A marca tem todo tipo de produto, de pele, de olhos, batom de vários tipos. Realmente é muito fácil de encontrar na Revlon e é uma marca que eu sempre estive de olho.

Eu honestamente sempre amei essa base. Ela tem cobertura média-alta; cobre bem sem precisar de corretivo, mas algumas manchas mais escuras acabam precisando daquele acabamento a mais. Ela é super confortável, não fica pesada na pele e eu acho o acabamento super profissional. Para mim, parece pele mesmo, mas ela não acumula nos poros ou nas linhas de expressão, mesmo sendo mais grossinha.

Infelizmente, ela transfere sim, mas o que eu mais amo nela é, sem dúvida nenhuma, a duração. Eu saio de casa às 6:20 da manhã com ela e só chego depois das 18h da noite. Ela não esfarela, não acumula, não sai da pele. Claro que depois de 12 horas ela fica oleosa, mas não é nada que um papel que absorva bem não ajude. E, mesmo secando com um papel, a base ainda fica.

Já aconteceu de eu querer secar a pele com um papel e o espaço ficar, literalmente, sem maquiagem porque saiu tudo no papel. Com essa, isso nunca aconteceu mesmo. Ela dura muito, muito bem e só vai ficando mais natural durante o dia. Ela não oxida, mas é preciso tomar cuidado para acertar no tom. Alguns são mais frios, então para quem é mais branquinha, tem perigo de ficar com cara de fantasma.

Ah, e acho que a duração dela é tão boa por ela ser tão resistente. Ela é aquele tipo de base que fica bem firme no rosto a ponto de dar um pouquinho de trabalho de tirar. É preciso usar um demaquilante bifásico ou em óleo, pois qualquer lencinho ou demaquilante normalmente não dá muito conta do serviço e o rosto ainda fica com resíduo da base. Ela meio que adere a pele mesmo, não fica aquela camada artificial de produto – apesar de ser.

A ColorStay é, sem duvida nenhuma, um das melhores bases que eu já usei. Agora, com essa nova embalagem que vem com pump SUPER PRÁTICO, eu to pronta para me casar com ela. Para o rosto todo, eu preciso de um pump e meio, tornou o processo mais rápido, não suja nada, não tem desperdício e você consegue ver bem se a base não está a ponto de acabar – não vai ser pega de surpresa e enganada pelo vidrinho. Amém, Revlon.

Novo na penteadeira: produtos da Revlon

 
Hello, amores! Tudo bem com você?

Então, uma das coisas mais legais é tentar sempre fazer um conteúdo interessante pra vocês e perceber que isso tem um retorno. Não apenas de quem acompanha as postagens do blog, mas pra marcas e outras blogueiras que também acompanham o meu perfil. Quando a Revlon entrou em contato comigo, eu quase não acreditei. É uma marca que eu sempre gostei, umas das primeiras que conheci, e eles queriam me mandar alguns produtos para eu testar.

É um daqueles momentos que você só sabe sentir gratidão por tudo e me senti muito realizada com essa experiência com a Revlon. Nunca imaginei que uma marca tão bem consolidada internacionalmente iria querer entrar em contato comigo para qualquer coisa, quanto mais para me enviar presentinhos lindos para eu compartilhar com vocês.

Além disso, a ótima notícia é que os preços dos produtos da Revlon foram remarcados aqui no Brasil, então minha base preferida da vida que antes estava por R$89,90 agora está com R$ 69,90, o que é maravilhoso e vou fazer uma resenha bem completa dela em breve. Eles também lançaram a coleção completa de rímeis e as novas fórmulas de batom matte, além de várias cores de pó compacto também.

Eu amei a seleção do que eles me enviaram, principalmente porque eu já conhecia a base colorstay, mas ainda não tinha usado ela com o novo pump de aplicação e, assim, essa base se tornou ainda mais perfeita. Eu sabia que um pump facilitava a vida, mas gente, é tão mais prático, menos bagunçado e desperdiça menos produto também. Para cobrir o rosto todo – usando uma esponjinha, ainda com uma sobra para o pescoço e orelhas -, preciso de apenas um pump e meio.

Eu era doida pra testar o pó dessa mesma linha da base e fiquei super feliz quando eles me enviaram. Confesso que uma corzinha mais clara ou uma versão translúcido seria mais ideal, mas não posso reclamar demais, afinal estou amando mesmo assim. Vou fazer uma resenha completa também em breve, mas minha primeira impressão foi positiva.

Também amei o balm que eles mandaram, porque é super prático e ainda dá uma corzinha aos lábios; acaba sendo o tipo de produto ideal para se ter na bolsa, sabe?! O batom em acabamento pearl eu já conhecia, tenho um dessa linha, mas de outra cor. O único que eu não conhecia era o acabamento suede e amei muito essa cor, um terracota meio avermelhado bem bonito, que tem uma textura super macia.

Eu tinha um esmalte da Revlon também, uma cor bronze bem linda que eu amo usar no natal, mas eles mandaram um verde bem fofinho, meio pastel, meio menta, que combina direitinho com minha estética de vida, então amei! Ainda não usei porque não sou muito de pintar unha, mas quero ver como é que fica!

Só tenho a agradecer ao pessoal da Revlon pela confiança e parceria e, claro, sou grata a todos vocês que vem aqui ou no instagram curtir e comentar o que eu posto. Minha coisa preferida é a interação de vocês, adoro quando faço um post tipo esse e várias pessoas compartilham a experiência que tiveram com o produto, se torna um grande bate papo entre amigas! É lindo de ver.

Miracle Complexion Sponge da Real Techniques: a melhor esponja de maquiagem?


Hello, amores! Como vão?
Então, não é de hoje que falam sobre usar esponja para aplicar maquiagem, não é?! Pois bem, eu nunca entrei muito nesse bonde, mas comprei a esponja famosíssima da Real Techniques e logo entendi porque tanto amor. Vim contar pra vocês o que achei desse produto e ainda conto como lavar aplicadores desse tipo.

Desde que eu comecei a acompanhar vídeos no YouTube, há uns três anos, vejo pessoas falando sobre esponja de maquiagem e, mais especificamente, dessa laranjinha da Real Techniques. Eu já testei duas esponjas de outra marcas antes, uma da Belliz e uma da RK by Kiss, e não vi nada demais nelas, mas depois de ter testado essa, entendi tudo.

Antes de mais nada, ela COM CERTEZA é a esponja mais macia que eu já usei. Mesmo quando ela está seca, a textura e maciez dela é muito superior. Quando você molha, além de ela crescer muito, ainda fica muito mais macia, chega dá vontade de deitar e dormir nela. PORÉM, uma opinião que eu acho que é bem diferentona: eu prefiro usar essa esponja seca.

Todo mundo que eu vejo usando molha essa esponja, mas eu tenho a pele oleosa e percebi que se eu aplicar base com a esponja molhada, ela começa a mostrar sinais de oleosidade muito mais rápido. Quando eu uso ela seca, além de ela aplicar igualmente bem, a base fica seca por um pouquinho mais de tempo, então uso ela seca mesmo, também porque gosto de aplicar pó com ela.

Isso mesmo, pra fazer a técnica de baing, essa esponja é incrível! Ela apenas apanha e deposita o produto sem nenhum problema, fica aquela coisa bem Kardashian mesmo, ajuda muito na hora da maquiagem. Ela também torna tudo muito prático, porque além de espalhar super rápido, a base fica bem com textura de pele mesmo, por ter sido aplicada com uma esponja, o acabamento fica maravilhoso e a cobertura é maximizada.

Quando a absorção de produto, é realmente mínima. Sério, é meio louca pensar nisso porque é uma esponja, mas não absorve praticamente nada. Outra coisa que eu amei é que ela é SUPER fácil de lavar. É a mais fácil de todas que eu testei, principalmente porque ela fica (quase) completamente limpa, novinha em folha, parece que nunca foi usada, o que é ótimo, mas ela também é bem delicada, então se você esfregar demais, tem risco de ela rasgar.

No vídeo que vou postar no instagram mostro direitinho como lavar essa esponja. O segredo é colocar na água morna (quentinha, mas não fervendo) antes de colocar o detergente e esfregar. Não sei bem o que é,  não sei se é porque amolece o que tiver de produto, mas assim ela libera a sujeira super fácil e você nem precisa fazer muito esforço.

Eu comprei um kit de pinceis e essa esponja veio junto, mas acredito que custa cerca de R$ 60 normalmente. É caro sim, principalmente porque esponjas são bem mais descartáveis do que pinceis, mas se você conhece alguém que vai viajar, vale muito a pena pedir, acho que custa uns $ 8 dólares. Estou apaixonada e vou precisar de um estoque!

Resenha: Base Líquida HD da Vult


Oi, amores! Tudo bom?

Por anos eu usei a mesma base, a ColorStay da Revlon. Tinha um preço mais ou menos bom, ficava super bem na minha pele e durava muito. Acontece que o preço da base da Revlon subiu muito, então resolvi buscar por uma mais acessível que fosse tão boa quanto. E foi assim que encontrei a Base Líquida HD da Vult.

Eu só conhecia os produtos em pó da Vult. Amava os quintetos de sombra, sombras unitárias, blush mosaico e o pó translúcido da marca. Quando a Vult lançou essa base, eu fiquei curiosa, mas achava cara demais por ser da Vult – eu subestimei muito. Quando viajei para São Paulo, encontrei por um preço muito mais acessível, R$26, e não pensei duas vezes. Acontece que me apaixonei!

A primeira coisa é que eu amei a embalagem. Diferente da Revlon, que tem a embalagem de vidro, a da Vult vem em uma bisnaguinha de plástico pequena super fácil de levar na bolsa – e tenho levado mesmo. Ela tem uma textura meio em gel, então depois que seca fica super numa vibe “segunda pele”.


A cobertura é média-alta, deixa a pele bem uniforme e tem um acabamento muito bom. Eu tinha medo que, pelo preço, o acabamento fosse ser muito vibe reboco, sabe?! Uma coisa que parece que fica sambando na sua pele. Mas a realidade é que entre o acabamento da base da Vult e a da Revlon (que é três vezes o preço), não tem muuuita diferença.

Porém, vale lembrar uma coisa: a Revlon é, originalmente, uma marca americana de farmácia. Ou seja, ela é naturalmente mais acessível. O problema é que com a alta do dólar e impostos surreais do Brasil, ela está custando R$ 90 aqui. Porém, acho que posso dizer que a Revlon é a Vult dos Estados Unidos.

Voltando a falar da base da Vult agora: ela tem uma duração de umas quatro a cinco horas, mas é fácil de reaplicar e de “enxugar”. Todos os produtos ficam muito bem por cima dela, mesmo com retoques. Também não é difícil construir camadas com ela, mas chega uma hora que não adicionar mais cobertura, é só produto mesmo.

Depois de ter testado os produtos stick e agora essa base, a atenção que eu tinha para a Vult redobrou, pois estou muito satisfeita com a qualidade dos produtos e o custo-benefício é maravilhoso. A quantidade de produto dentro da bisnaga não é tão grande, só 26ml – a maioria das bases vem com 30ml, mas é preciso pouco produto para cobrir uma boa parte do rosto.

Essa base não acumula, não craquela, a pele absorve super bem; pelo preço, ela é maravilhosa mesmo. Quem aí á conhece?

Resenha: base líquida de alta cobertura da Quem Disse, Berenice?

Oi, amores! Como vão?

Fiquei super curiosa pra testar esse base quando a Quem Disse, Berenice? anunciou, pois a marca anda fazendo uns lançamentos super legais. Eu gosto muito dos produtos da QDB em geral, então quando minha base da Maybelline acabou, fui correndo comprar a nova da QDB, que promete acabamento matte e alta cobertura. Agora vim dizer pra vocês o que achei dessa novidade.

Quando fui comprar, o vendedor foi super solicito e testou a base em mim na hora. Percebi logo que ela demorava um pouco a secar, mas sob a luz da loja, parecia ser a melhor cor pra mim e tinha uma boa cobertura. Curiosa para usar mais, comprei. Não foi barata, custou R$ 63, então tinha boas expectativas para ela.

No primeiro dia em que usei, achei legal que ela tem uma textura mais grossinha, parecendo um gel, mas logo na primeira passada com o pincel já notei que ela seria difícil usar e que, na verdade, a base é super alaranjada. Dá pra ver bem a diferença entre meu rosto e meu pescoço, o que é bem péssimo.

Por causa da textura mais grossa, é um sacrifício trabalhar com ela, pois demora mais pra espalhar, demora pra secar – na verdade, não diria nem que ela seca totalmente – e não fica com um acabamento bonito; fica aquela coisa bem estilo “tem uma camada de base na minha pele”, pois é como se não fosse possível “absorver” a base. O look não fica nada natural.

Se a pele não absorve bem a base, isso quer dizer que, além de ficar uma camada super artificial do produto, também não dura nem um pouco. Com algumas horas, a área do meu nariz já estava quase que completamente à mostra. Eu quis morrer quando estava no trabalho e percebi que estava praticamente sem base no nariz e não tinha como retocar.

Essa base realmente não seca nunca. Fica como um gel, sambando na pele, nunca é absorvido. Como tenho a pele oleosa, vira uma lama algumas horas após a aplicação, quando minha pele começa a ficar brilhando um pouco mais.

Eu tentei aplicar com a mão, com pincel, com esponja, sem primer, com primer, primer da própria Quem Disse, Berenice?, primer da Benefit, tentei selar com pó mais grosso, pó translúcido, muito pó, pouco pó, nada funcionou. Vi várias pessoas falando super bem dessa base, mas pra mim ela simplesmente não funciona, não adianta.

Ela até tem uma boa cobertura, sem precisar ficar fazendo muitas camadas, mas acabou sendo um desperdício de dinheiro, pois não fica nada legal em mim. Queria que no Brasil fosse tipo nos Estados Unidos, que você pode devolver um produto se não gostar, pois não tenho a menor intenção de usar essa base novamente, foi uma grande decepção.

Você é uma das pessoas que ama essa base? Deixa aqui nos comentários o que achou do resultado dela:

Indicações: favoritos de Abril

Oi, amores! Como vão?

Como eu previ nos favoritos de março, os favoritos de abril vieram bem mais badalados do que o mês passado. Pelo menos para mim, as indicações desse mês são super fresquinhas, pois a maioria são produtos que adquiri recentemente, mas que já amo muito. A lista de entretenimento também está mais longa dessa vez, mas cheia queridinhos. Então vamos lá para os favoritos mais amor do ano:

Batom Velvet Teddy da MAC: Fiz uma resenha sobre esse produto recentemente, mas ele tinha que entrar na minha lista de amores do mês. Esperei muito tempo para ter esse produto em mãos e ele não me decepcionou nem um pouco. A cor é linda, a textura é incrível, dura bastante, combina com tudo, é super fácil de usar, não é desconfortável e sempre me rende elogios. Realmente consigo ver porque esse batom é tão procurado. O maior da minha vida!

Kit de pele da Caudalíe: Tem resenha desse kit do amor também, mas tenho usado ele cada vez mais e já não sei mais como vou viver sem. Queria fazer aniversário duas vezes por ano, só pra conseguir outro! Tenho notado muita diferença na minha pele desde que comecei a usar; a maquiagem fica com um acabamento mais bonito e minha pele está bem mais macia e lisa. Preciso de um estoque!

Rímel Colossal da Maybelline: Eu já falei antes que essa máscara não é minha preferida da Maybelline e realmente não é, mas tenho adorado usar ela no dia a dia, pois como o acabamento dela é dar volume, não dá muita bronca de usar com óculos e ainda abre bem o olhar. Ela borra um pouco na hora de aplicar, mas arrumo com facilidade. Minha preferida da vida ainda é a The Falsies, mas como ela deixa os cílios bem longos, não rola muito pro dia a dia que eu preciso usar meus óculos.

Base Fit Me da Maybelline: Essa base aqui tem sido minha companheira de dia a dia, eu to amando muito usar porque ela é leve e, apesar de não ser a melhor em questão de oleosidade, ela não derrete nem fica saindo e deixando pedaços de pele aparecendo. Ao longo do dia, ela vai saindo sim, mas de uma força digna e graciosa. O precinho também é mais  amigo e a cobertura é média-alta.

Hidratação Resurrection Bed Head da TIGI: Esse produto aqui também já ganhou resenha no blog, mas entrou na lista porque mesmo eu não gostando muito do cheiro, ele realmente ressuscita o cabelo. Dá movimento e textura aos fios, além de devolver a aparência e sensação de cabelo saudável. Como ele é mais “pesado”, eu uso menos vezes, mas realmente dá super conta do recado.

CDs Divide de Ed Sheeran e Places de Lea Michele: Eu acompanho o trabalho desses dois artistas há anos e os dois passaram muito tempo sem lançar nenhuma música nova, então imagine minha felicidade quando eles começaram a liberar músicas um em cima do outro. Muito amor! O CD da Lea é bem trabalhado para mostrar as capacidades vocais que ela tem – que são muitas – e as músicas são bem sentimentais, motivacionais e fáceis de se identificar. Já o novo CD do Ed é bem pessoal, conta várias experiências da vida dele e explora mais a melodia e a construção da música. Fico ouvindo os dois sem parar, muito bons!

 

Série Girlboss: Nova série da Netflix baseada no livro de Sophia Amoruso, a série conta a história real de como Sophia passou de uma jovem adulta perdida e sem muita noção de suas habilidades para uma mulher de negócios bem sucedida ao começar sua empresa de moda Nasty Gal, que hoje é multimilionária e pioneira na área. Sophia é empreendedora sem querer, mas é muito interessante ver como tudo foi acontecendo e sobre como ela tinha uma ideia clara da imagem que queria logo no começo. Super interessante para quem gosta de moda e quer manter um negócio online.

Indicações: os produtos favoritos de 2016

favoritos-de-2016

Hello, amores! Como vão?

Então, 2016 foi embora e com ele muita coisa ficou na minha penteadeira. Todo ano as beauty gurus fazem “os favoritos do ano” e eu também quis fazer, pois acho que pude experimentar muita coisa com vocês em 2016. Além disso, completamos 1 ano de blog em novembro e acho que essa seria uma boa forma de dar um feedback pra vocês a respeito de muitos produtos que eu já mencionei várias vezes aqui.

Os produtos que eu vou mencionar nesse post são aqueles que fazem toda a diferença na minha coleção, que eu vou comprar mais com certeza quando acabar, que eu não troco por nenhum outro e que indico para todo mundo. Vou colocá-los de acordo com a sequência que eu os aplico e, se eu pular algum passo, é porque não tenho um favorito DA VIDA naquela categoria, então vamos lá.

Base Colorstay da Revlon

Essa base é minha grande aliada. Ela tem uma cobertura de média para alta, mas não fica desconfortável. A cor dela é perfeita para o meu tom de pele e a gama geral de tons é muita boa. Eu costumo usá-la no dia a dia mesmo e ela nunca me deixou na mão, dura o dia todo – precisa só de alguns retoques no nariz, pois tenho pele oleosa -, não fica aquela coisa tipo massa de bolo e aceita super bem a aplicação de produtos em pó por cima.

favoritos-de-2016-1

Corretivo Fit Me da Maybelline

De todos os corretivos que eu já usei, esse aqui não pode faltar de jeito nenhum. Ele é um corretivo levemente pastoso, com cobertura de média a alta, que funciona perfeitamente para iluminar debaixo dos olhos. Ele dura o dia inteiro, não se mexe, nem fica acumulando nas linhas abaixo dos olhos. Honestamente, preciso de um estoque infinito desse corretivo.

favoritos-de-2016-4

Pó translúcido da Vult

Como vocês podem ver, o meu já está dando adeus a todos nós, mas eu com certeza vou comprar outro. Esse pó é super fininho, impede o corretivo de se mexer durante o dia e sela a base perfeitamente sem deixar um aspecto superficial na pele. Fui dar uma olhada no post de comprinhas onde ele aparece pela primeira e essa semana faz exatamente um ano que eu comprei esse pó aqui, então dá pra perceber que ele dura – eu uso TODA VEZ que uso maquiagem, todos os dias da semana e às vezes no fds também.

favoritos-de-2016-3

Pó bronzeador Hoola da Benefit

Nunca vi ninguém usar esse produto e não gostar, sério. Ele é um pó super macio que esfuma sem nenhuma dificuldade, não fica marcado nem aquela vibe meio “cara suja”. O tom dele é um marrom bem frio que serve tanto para contorno quanto para bronzear a pele mesmo. Acho o efeito dele super natural. Eu tenho esse produto há mais de um ano – dá pra perceber que ele já sofreu, né?! – mas acho que ele ainda vai durar mais um ano facilmente. Por ele ser fininho, não é necessário muito produto para fazer contorno. Mas, assim que acabar, vou comprar outro com certeza – mesmo o valor sendo uma faca no coração (R$159,00), o custo-benefício vale muito a pena.

favoritos-de-201-5

Blush Instain na cor Argyle da The Balm

Essa é minha preferência de blush sempre, amo o tom de rosa dele. Olhando na paleta, pode parece um pouco PAM demais, mas ele fica super natural, tem um tom bem “naturalmente corada”. Ele é super fácil de esfumar, então já não tenho mais medo da quantidade de produto que vem no pincel. A durabilidade também é ótima – normalmente blush é uma coisa que some durante o dia, mas esse não, no final do dia ele ainda está lá, sendo lindo. Esse blush é vendido separadamente.

favoritos-de-2016-7

Iluminador Mary-Lou Manizer da The Balm

Também nessa mesma paleta, o Mary-Lou ganhou meu coração há muito tempo. Eu cansei de ver blogueiras e youtubers falando desse produto, mas quando finalmente testei, entendi porque tanto amor. O tom dele é maravilhoso, é um dourado meio frio, não fica aquela coisa artificial demais – até o limite de possível naturalidade de um produto com tanto brilho. As partículas de brilho dele são bem pequenas, então fica um acabamento meio frost, eu amo usar no dia a dia mesmo.

favoritos-de-2016-8

Lápis de sobrancelhas Master Shape da Maybelline 

Pois é, 2016 foi o ano que eu aprendi a lidar com minhas sobrancelhas e um grande aliado foi o Master Shape. Ele é um lápis super macio e fácil de usar que não mancha, não borra e dura o dia inteirinho! Gosto muito porque uma das minhas sobrancelhas é falhada por causa de um pequeno desastre quando eu era criança, mas com esse lápis eu arrumo em dois instantes. O ódio pela sobrancelha até diminuiu depois disso!!

favoritos-de-2016-10

Paleta Naked 3 da Urban Decay

Agora no final do ano ela até que ficou mais encostadinha no canto por causa da chegada da paleta da Carli Bybel, mas eu usei essa paleta 85% dos dias em 2016. Eu sou a doida da cor rosa, como muitos já sabem, e eu amo os tons dessa paleta. Ela tem algumas sombras mais neutras que servem muito bem para o dia a dia. Eu também amo a variedade de tons cintilantes dela, são perfeitos para looks noturnos.

favoritos-de-2016-9

Agora que chegou na categoria batom, eu não tenho como falar de um só, gente! Então selecionei o top 5 do ano – sem ser em ordem de preferência porque aí também não dá – e trouxe aqui pra vocês os preferidos de 2017.

favoritos-de-2016-11

Batom matte em bala Elfa do Pausa Para Feminices: Eu amo como esse batom é super diferente e me fez arriscar um pouco mais na hora da escolha. Ele tem o acabamento super matte, é super fininho e a cor é meio que um marrom acinzentado com um toque de oliva.

favoritos-de-2016-14

Batom matte em bala Viva Glam II da MAC: O que dizer desse querido que me acompanha há mais de um ano?! Ele é meu tom perfeito de nude, fica super elegante e confortável. Perfeito para o dia a dia e já não sei mais como viver sem.

favoritos-de-2016-133

Batom cremoso em bala Nem Te Conto da Maybelline: De todos os batons citados, esse é o mais confortável. Ele aplica como se fosse um lip balm, mas tem uma pigmentação maravilhosa e dura bem – o brilho sai, mas deixa um toque de cor. Ele é um rosa bem barbiezinha, amo muito.

favoritos-de-2016-12

Batom líquido matte Rose do Pausa Para Feminices: Eu sou muito apaixonada pela cor desse batom, fico me sentindo a própria Pocahontas quando uso ele. É um tom de telha lindo e a fórmula desse batom é excelente; fininha, não craquela, não resseca demais e dura horrores!

favoritos-de-2016-15

Batom líquido matte Luísa da linha Bruna Tavares by Tracta: Eu amo essa linha, mas a cor do Luísa é uma coisa muito poderosa, à la Kylie Jenner. Em mim ele fica um tom de marrom meio acinzentado e fechado, acho super elegante! Ele tem a mesma fórmula dos batons líquidos do Pausa Para Feminices.

favoritos-de-2016-16

Então, amores?! Vocês conseguem escolher os seus favoritos do ano? Deixem aqui nos comentários! ❤