Conversa: minha história com maquiagem

Hello, amores! Tudo bom?

Todo mundo que ama maquiagem tem sempre um histórico longo e cheio de amor com produtos, não é?! Pois então, comigo não foi muito diferente, mas eu demorei um bocado para acordar para esse mundo e diria que só passei a amar mesmo maquiagem por volta dos 19 anos.

Quando eu era pequena, como toda criança, eu amava olhar as coisas da minha mãe, pedia pra passar batom e queria ver quando ela se maquiava. Na adolescência, eu tinha alguns produtos, mas além de não saber usar, alguns deles não eram certos pra mim. Eu tenho a pele oleosa e não usava o tipo de base certa e até errava nas cores às vezes também.

Quando eu terminei o ensino médio, comecei a assistir alguns tutorias no YouTube só pra passar o tempo e comecei a amar muito os resultados, percebi como aquilo tinha um efeito nas pessoas, não apenas na questão da beleza mesmo, mas como isso representa um momento em que a pessoa tira para se cuidar. Então comecei a investir nos produtos certos para mim e de boa qualidade, então o amor só foi crescendo.

Passei a entender um pouco mais meu rosto e a gostar de partes que eu não gostava tanto. Passei a entender como me cuidar e a dedicar momentos para mim. Depois de um tempo assim, minha visão mudou um pouco. Passou de “maquiagem para se cuidar” para uma questão de forma de expressão.

Eu passei um tempo fazendo a mesma coisa e cansei, parecia que eu estava sempre do mesmo jeito, quando a gente sabe que nosso humor e preferências mudam com certa frequência. Assim, passei a usar maquiagem para expressar como eu me sinto. Se quero uma coisa mais menininha, uso mais blush e vou com calma no contorno. Se estiver mais na bad, largo as cores abertas e prefiro um visual mais minimalista.

Dessa forma, passei a amar maquiagem de uma forma diferente, como uma extensão de quem eu sou, como a forma que eu quero me representar. Por isso, quero aprender cada vez mais sobre maquiagem artística. Espero continuar crescendo dessa forma, amadurecendo. Maquiagem é mesmo uma coisa que me mudou e que eu não largo mão, defendo com unhas e dentes e acho que todo mundo possa experimentar um pouco.

Anúncios

Converse!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s