Conversa: a arte do desapego

as-ferias-2

Oi, amores! Como vão?

Uma das coisas que eu vejo com frequência na internet são sugestões de livros que lhe ajudem a se tornar uma pessoa desapegada a coisas materiais. Já vi vídeos sobre armário capsula e penteadeira capsula e acho uma atitude muito bonita. No geral, eu não diria que sou uma pessoa muito desapegada. Tenho até costume de guardar coisas como caixas de produtos por achar que vou precisar um dia. Porém, uma coisa que eu desapego fácil é produto que eu não uso ou não gosto.

Na minha cabeça, cosméticos são coisas vivas. Por isso, é preciso ter cuidado com a validade e o armazenamento de cada um deles. Mas quando eu não gosto de algum produto, não vejo sentido em deixá-lo guardado para todo sempre até que um dia, quem sabe, eu acorde gostando dele. Produtos tem que ser usados, manuseados; você precisa abrir, fechar, limpar. Ter algum cosmético perde o sentido para mim se eu não for usá-lo.

É por isso que eu pratico muito a arte do desapego com meus produtos. Já fiz um grupo no WhatsApp com minhas amigas e quem dissesse “quero” primeiro levava. Acho que dei quase 30 produtos, senão mais. Foi muito divertido, rendeu muitas risadas, mas mais do que isso, eu pude dar um novo lar aos produtos esquecidos da minha penteadeira – que, por sua vez, ganhou mais espaço livre.

Eu fiz um post sobre primers e um deles, o Photoready da Revlon, simplesmente NÃO FUNCIONA em mim. Então o que eu ia fazer com ele? Deixar pegando poeira na penteadeira até ele perder a validade ou magicamente passar a se dar bem com a minha pele? Não faz sentido. Por isso, quando uma amiga minha da faculdade pediu o primer e disse que era o que ela sempre usava, não hesitei em dar a ela.

Ah, mas e o dinheiro?! Olha, eu já gastei o valor – não do primer, pois ele foi enviado pela loja parceira do blog, mas de outros produtos que já dei – e não tenho como recuperar, então pra quê vou ficar com o produto estragando aqui?

Querendo ou não, isso também faz com que eu passe a ter mais consciência na hora de comprar. É ótimo poder compartilhar com minhas amigas e minha mãe, mas qual é o sentido de ficar gastando dinheiro pra me desfazer do produto depois, né?! Então pesquiso mais, procuro mais, tento encontrar testers, qualquer coisa que vá otimizar meu uso do produto.

Se você tem uma coleção de maquiagem muito grande, sugiro que dê uma olhada no que você realmente usa, no que já passou da validade; tire a poeira dos produtos que você não gosta e pense em buscar um novo dono para ele. Todo mundo sai ganhando: o produto vai ser usado, alguém vai ganhar um presente, você ganha mais espaço físico e seu dinheiro não terá sido inteiramente desperdiçado. ❤

Anúncios

Converse!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s