Resenha: primer Photoready da Revlon

Oi, amores! Como vão?!

A Revlon é uma marca que eu amo muito! Fico muito feliz de ver que ela está abrindo mais e mais espaço no mercado de cosméticos no Brasil e os produtos que eles lançam lá fora estão chegando aqui. Não é de hoje que ouço falar do primer Photoready – faz tempo que ele chegou aqui – e eu sempre tive curiosidade de testar. Graças a ajuda da loja parceira do blog, Kutiz, finalmente vou poder dizer o que eu acho desse produto.

revlon-primer-1

Eu sempre achei a embalagem dele meio com cara da riqueza e realmente é. É minimalista, de vidro e meio pesadinha, bem coisa cara mesmo. Agora uma coisa que me chamou atenção foi o cheiro. Eu não sei explicar muito bem, mas me lembra aquela cola branca que se usa na escola, sabe?! Aquela que quando seca fica transparente. Não gosto nem um pouco, mas não é um cheiro que fica na pele, ele some depois um tempo.

Infelizmente, acho que esse primer não se deu na minha pele. Já ouvi várias pessoas falando maravilhosas sobre ele, mas em mim não funcionou muito bem. Eu consigo aplicar ele direitinho e ele fica transparente e deixa uma sensação aveludada na pele. Mas quando eu aplico a base, parece que ela não “assenta” corretamente, dá a impressão que fica uma coisa superficial – e olhe que uso a base da Revlon também, imaginei que os dois deveriam se dar bem.

revlon-primer-2

A base não fica oleosa nem mais nem menos rápido do que o normal, mas quando fica oleosa, por ter feito essa camada “superficial”, a base começa a literalmente sumir da minha pele. Ao redor do meu nariz e na minha testa, começa a ficar umas partes com a pele aparecendo, como se a base tivesse “soltando” da pele, e eu não consigo arrumar. Pó não resolveu, adicionar outra camada também não (ela fica escorregando na pele e não aplica de jeito nenhum). A única solução é remover a base completamente e aplicar novamente – mas isso nem sempre é possível, o que se torna inconveniente.

Por isso, se eu precisar que a base dure bem, esse primer da Revlon não é uma opção. Dá pra usar aqui e ali, pra não gastar os outros primers que são melhores, mas não dá pra depender do Photoready. Essa é minha primeira decepção com a Revlon, mas ainda adoro a marca.

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha: primer Photoready da Revlon

Converse!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s