Batalhas dos batons líquidos: Ricosti, Tracta, Mary Kay, TBlogs e Quem Disse, Berenice?

batom-liquido

Batons líquidos são tendência há muito tempo e várias marcas entraram na onda de lançar suas cores. Em meio a tantas opções, qual será a melhor? Testei várias marcas e é isso que vamos descobrir nesse post.

batom-liquido-5

Mary Kay: Dos batons líquidos que eu já testei, os da Mary Kay são os mais confortáveis. Eles tem uma textura meio em gel, então, apesar de ficar opaco, ele não fica seco. Mas isso significa que ele transfere. Eu também acho um pouco chato de reaplicar depois que como, pois tenha que retirar o excesso do que ficou para adicionar a nova camada, senão fica super desigual. Outro probleminha é que ele acumula nas linhas dos lábios. Esse produto é bom para usar por pouco tempo, para dar um passeio que não envolva comer nem tomar muitos drinks.

batom-liquido-3

Tracta: Os batons da Tracta são bem famosos; se não me engano, a Tracta foi umas das primeiras marcas a entrar na onda de batons líquidos. Testei tanto o batom matte quanto o mais recente que eles lançaram com efeito cintilante. Os dois tem a textura boa, mas acho difícil conseguir uma cobertura uniforme. Depois de um tempo, o batom começa a ficar soltando na parte interna dos lábios e os pedacinhos vão pra dentro da boca. O batom cintilante ajudou a acentuar a textura dos meus lábios, então eu usei uma vez e nunca mais. A duração também não é lá essas coisas, em nenhum dos dois batons, e é péssimo de reaplicar.

batom-liquido-2

TBlogs: A Tblogs começou como uma extensão da Tracta, mas agora é uma marca própria. A variedade de cores é incrível, a textura é super fininha, o que faz o produto durar muito mais e ser muito mais fácil de reaplicar. Os batons da linha Bruna Tavares também seguem a mesma textura (é até um pouquinho mais fina), a única coisa é só é possível os batons da TBlgos online e o frete é um pouco caro.

batom-liquido-1

Ricosti: A Ricosti também tem inúmeras variações de cores muito bonitas, mas a fórmula dele é mais grossa que os batons mencionados anteriormente. Ele dura bem nos lábios e fica bem seco, mas às vezes fica difícil de reaplicar porque as camadas vão ficando bem grossas. Ele é um tanto quanto desconfortável porque fica muito seco, mas não é nada insuportável. A cor não vaza.

batom-liquido-4

Quem Disse, Berenice?: A fórmula da QDB me lembra bastante a da TBlogs. É bem fininha e quando seca parece que não vai sair nunca mais. Porém, com essa cor (por ser mais fechada), é necessário ter cuidado. Pode ser um pouco complicado de conseguir uma camada uniforme de cor. Com o aplicador dá pra controlar bem, mas é um produto difícil de aplicar na pressa. A duração é boa e não transfere nem vaza cor. Queria que a QDB disponibilizasse mais cores nudes nessa fórmula.

Então, afinal, qual é meu preferido? Eu diria que fico entre os batons líquidos da Bruna Tavares e os da TBlogs. As fórmulas são muito parecidas, mas a da Bruna ainda é um pouco mais fina e o acesso é mais fácil, por ser vendidos em lojas físicas.

Anúncios

Um comentário sobre “Batalhas dos batons líquidos: Ricosti, Tracta, Mary Kay, TBlogs e Quem Disse, Berenice?

Converse!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s