Resenha: base e corretivo Fit Me da Maybelline

fit me 1

Escuto falar da linha Fit Me da Maybelline desde que comecei a acompanhar youtubers gringas de beleza. Elas sempre enchiam os produtos de elogios e eu as via aplicá-los e amava o resultado. A proposta dessa linha é dar um resultado natural e leve para o dia a dia. Já sabendo que os preços da Maybelline são bem acessíveis, fiquei super animada quando soube que a linha viria para o Brasil.

Porém, uma das primeiras coisas que foi divulgada em relação a chegada da linha Fit Me no Brasil foi que ela seria diferente da famosa Fit Me internacional. A Maybelline Brasil criou uma fórmula pensando nas necessidade e peculiaridades da pele da mulher brasileira. Confesso que minha animação diminuiu um pouco quando eu soube disso, mas imaginei que o resultado que conseguiríamos seria melhor.

Como anunciado, a linha conta com base, corretivo, pó e várias tonalidades de blush. Eu comprei a base primeiro e depois, de tanto ouvir elogios, comprei o corretivo.

fit me 3

Em relação a base, é importante testar antes de comprar. Os números não correspondem a tonalidade da cor e elas variam entre ter um fundo rosa e amarelo. Minha cor é a 110 (a 100 ficou escura em mim), mas achei que ela tem um toque rosado e minha pele é mais amarelada. Porém, quando aplico, a base oxida – quando um produto muda de cor ao entrar em contato com o calor e suor da pele. Normalmente, isso é visto como uma coisa ruim na comunidade de beleza, mas essa é justamente a proposta da Fit Me. A base oxida para se adaptar melhor ao tom da sua pele e ficar mais natural.

Por isso, eu sempre começo meu ritual aplicando a base. Isso dá tempo para que ela se adapte bem até eu terminar tudo. Já saio de casa com a tonalidade bem próxima da cor do meu rosto.

fit me 2

A textura dessa base é bem leve, bem líquida. É fácil de aplicar, espalha muito bem e acho que você é capaz de controlar bem a cobertura. Por ela ser tão aquosa, acredito que é possível aplicar com uma cobertura mais leve, mas com uma aplicação normal a cobertura é de média-pesada.

A base tem efeito mate, mas não é seca; fica confortável na pele, mas não fica opaca por muito tempo. Minhas bochechas e a zona T são bem oleosas e a base até segura, mas fica com um brilho natural. Parece que eu não estou usando base, até que, depois de umas cinco horas, fica clara a necessidade de retocar o pó. O nível de transferência aumenta conforme a pele fica mais oleosa.

fit me 4

Decidi comprar o corretivo quando ouvi duas youtubers falando que ele lembrava o famoso e querido Radiant Creamy Concealer da Nars. Esse corretivo da Nars é meu sonho de consumo, mas com o preço atual (R$179), ele vai ficar só nos sonhos mesmo. Por isso, quando soube que esse seria um bom substituto, coloquei logo na lista para comprar.

Logo na primeira aplicação eu já fiquei impressionada. Um pingo pequeno já deu para cobrir bem toda parte das olheiras e ainda subir um pouco pelo canto interno do olho. A textura é bem cremosa, a cobertura é muito boa, de média para alta, e é fácil de espalhar. Após selar com um pó translúcido, ele não se mexe mais. Fica realmente o dia todo intacto; não separa na pele, não dá destaque as linhas naturais, não oxida e dá uma iluminada natural ao rosto.

fit me 5

É uma pena que a marca só tenha feito três tons desse corretivo, mas acredito que misturando um e outro, muitas pessoas consigam encontrar um tom que fique bem na pele, seja para iluminar ou para corrigir.

Testou algum produto da linha Fit Me? Deixa aqui nos comentários.

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha: base e corretivo Fit Me da Maybelline

Converse!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s