Indicações: livros lidos em 2015

LIVROS 2

Quando entrei de férias em 2014, fiz uma lista de livros que iria ler. As aulas voltaram e eu continuei adicionando outros títulos e riscando os que já havia lido. Quando acabou o ano, eu criei uma lista para 2015, transferindo os que faltavam ler da lista anterior e adicionando outros.

Agora 2015 também se foi e na lista havia 18 livros lidos. Já comecei a lista de 2016, mas antes de começar a riscar os títulos de lá, pensei em indicar alguns livros da lista de 2015 que mais valeram a pena. Todos os livros que li em 2015 foram bons, mas esses abaixo realmente tinham algo a mais que me prendeu a história a ponto de eu não fazer outra coisa senão ler – e, honestamente, existe sensação melhor que essa?

LIVROS 4

Antes de Dormir de S.J. Watson: Esse livro é um encontro entre Como Se Fosse a Primeira Vez e Garota Exemplar. A personagem principal, Christine, sofreu um acidente e durante a noite, enquanto ela dorme, seu cérebro apaga anos da sua vida. Christine lembra apenas de sua juventude e, com ajuda de seu marido, ela vai obtendo mais informações sobre quem é até ter que ir dormir novamente.

Claro que nada é tão simples quanto parece. Quando Christine descobre que está tendo consultas para tentar reverter a amnésia causada pelo acidente e que há um diário contando tudo o que ela lembrou nas sessões, Christine descobre quem é de verdade e o que aconteceu com ela.

Simplesmente não consegui largar esse livro até terminar. A cada página a personagem descobria algo novo e, apesar de angustiante, o autor conseguiu capturar a confusão interna da personagem muito bem.

LIVROS 6

Objetos Cortantes de Gillian Flynn: Da mesma autora de Garota Exemplar, Objetos Cortantes consegue ser tão sórdido e sombrio quanto o livro que deu origem ao filme estrelado por Ben Affleck e Rosamund Pike. Objetos Cortantes narra a história de uma jornalista chamada Camille que volta para sua cidade natal para cobrir um assassinato. Mas voltar significa ter que reviver tudo aquilo que a fez fugir dali, como a morte de sua irmã, e ter que sofrer os mal tratos de sua mãe.

Esse livro não é nem um pouco saudável para a mente alheia. Todos os personagens tem problemas psicológicos e atitudes questionáveis. Para quem não aguenta histórias mais pesadas, talvez essa não seja para você. A revelação final do assassino me deu calafrios, os detalhes dados à resolução foram incríveis. A história foi muito bem escrita e prende do começo ao fim. Se você não tiver problemas com narrativas à la Stephen King, Objetos Cortantes lhe interessará muito.

LIVROS 5

Carry On de Rainbow Rowell: Quem é fã de Harry Potter e escuta falar desse livro fica logo querendo ler. Assim como nossa amada saga, Carry On também traz uma escola de mágica e bruxinhos balançando suas varinhas. O enrendo superficial é bem parecido com Harry Potter; um menino escolhido por uma profecia deve matar o vilão que também está tentando matá-lo. Mas, diferente da narrativa de JK Rowling, Carry On tem um foco maior no relacionamento dos personagens.

O vilão à la Voldemort não é tão importante quanto o arqui-inimigo e companheiro de quarto do herói da história (Simon Snow). Quem já leu o outro best-seller de Rainbow Rowell, Fangirl, já ouviu falar de Simon Snow e Baz Pitch – eles são os personagens fictícios que a personagem principal de Fangirl ama. A personagem Cathy costumava escrever histórias sobre os dois rapazes e publicava na internet (as famosas fanfictions), então Rainbow Rowell escreveu e publicou uma das história de Cathy.

A narrativa prende muito e o romance dos dois é lindo. Em meio as fugas e os planos para tentar matar o vilão, é muito interessante ver a relação deles crescer. E, claro, o gostinho de Harry Potter deixa tudo muito melhor. Carry On deve chegar ao Brasil esse ano pela editora Novo Século.

LIVROS 3

One Fifth Avenue de Candace Bushnell: Da mesma autora de Sex & The City, One Fifth Avenue (Quinta Avernida, Nº 1) conta a história dos moradores de um prédio fictício em Nova York. De pessoas famosas a “falsos ricos”, as tramas e ladainhas do livro são muito interessantes.

A autora retrata o ritmo da cidade muito bem e entre um personagem e outro, o prédio vai tomando forma. Esse livro é para maiores de idade e, por ter tantos personagens, pode parecer um pouco difícil lembrar quem é quem e onde a narrativa havia parado. Mas conforme os personagens vão se conectando fica muito gostoso de ler.

Para quem gosta de ler, encontrei um desafio de leitura super interessante em um site. Quem precisar de estímulo para ler mais em 2016, aqui vai uma lista para você:

  1. Um livro que foi publicado esse ano.
  2. Um livro que você consegue terminar em um dia.
  3. Um livro que você sempre quis ler.
  4. Um livro recomendado por um vendedor ou bibliotecário.
  5. Um livro que você deveria ter lido na escola e não leu.
  6. Um livro escolhido pelo seu marido/esposa, irmão/irmã, filho/filha ou melhor amigo/amiga.
  7. Um livro que foi publicado antes de você nascer.
  8. Um livro que costumava ser proibido.
  9. Um livro que você abandonou.
  10.  Um livro que você tem, mas nunca leu.
  11. Um livro que lhe intimida.
  12. Um livro que você já leu.

Dá para cumprir um por mês e no fim do ano você terá lido bastante. Achei uma ideia bem legal para quem anda sem inspiração quando se trata de hábitos de leitura. Se desafie a cumprir pelo menos um desses 12 pontos.

E ai? Vai aceitar o desafio? Quais foram os livros que lhe impressionaram em 2015? Deixa aqui nos meus comentários para que eu possa colocar na minha lista.

Anúncios

Um comentário sobre “Indicações: livros lidos em 2015

Converse!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s