Indicação: géis de banho da Lush


Hello, amores! Tudo bom?

Uma das coisas que eu mais gosto e mais uso da Lush são os géis de banho. Além de prático, eles são super hidratantes, tratam bem a pele e duram muito. Os preços variam dependendo dos ingredientes do gel, mas no geral fica por volta dos R$ 30. É um pouco puxado sim, mas acho que vale muito a pena.

Eu já testei vários desses da Lush, VÁRIOS mesmo, mas diria que os quatro que tenho agora são os meus favoritos. Um deles é creme de banho, e não gel, mas aí explico direitinho a diferença. Vamos lá ver:

Dirty Springwash: Um dos primeiros da marca que experimentei e amei muito! Ele tem um cheirinho que me lembra o Natal. Tem hortelã e menta e por isso é SUPER refrescante. Fico me sentindo nova quando uso ele; é ótimo para depois de uma segunda-feira pesada ou para revigorar o espírito na sexta-feira.


Don’t Rain On My Parade: Esse gel tem um cheiro bem suave de fruta, parece um suco docinho. O ingrediente principal dele é mirtilo e tem fragrância de coisa limpa. Me sinto um lençol de cama limpo – isso mesmo – quando uso, é super aconchegante, ótimo para antes de ir dormir.


Rose Jam: Infelizmente esse gel de banho é exclusivo para o natal, mas eu amo tanto que estou torcendo para que ele volte. Os ingredientes principais dele são óleo de Argan e rosas, então tem um cheiro bem profundo e marcante. Acho super relaxante, tem uma vibe bem aromaterapia. De todos os anteriores, esse é o que o cheiro fica mais forte na pele.


The Comforter: Super docinho, tem cheiro de infância. Um dos que eu mais gosto também, tem aroma de chiclete de tutti-fruitty, dá vontade de beber. Ele também fica bem forte na pele e acho reconfortante, como o nome diz. O ingrediente principal dele é óleo de bergamota. Esse aqui é creme de banho ao invés de gel e a diferença é que ele é mais líquido e mais hidratante que o gel.


No geral, esses produtos rendem muito, porque o gel é mais grossinho e, por isso, é necessário menos produto. Também não tem desperdício porque ele não sai da embalagem se você não apertar, então é mais fácil de controlar a quantidade.

Se você quiser conhecer as fragrâncias da Lush, gel de banho é um bom lugar para começa, pois muitas vezes eles tem o mesmo cheiro que outros produtos mais caros. Alguns deles servem para o cabelo também, o que é super prático – mas eu nunca testei como shampoo.

Você conhece algum produto da Lush? Deixa aqui nos comentários.

Lançamento: paleta de sombras da Jaclyn Hill com a Morphe Brushes

Marcelo Cantu Photo/Instagram

Olá, amores! Tudo bem com vocês?

Para quem ama maquiagem, cada lançamento de produto novo é uma felicidade, né?! Eu acompanho a Jaclyn Hill há bastante tempo e durante esse período ela sempre falou que tinha um projeto secreto acontecendo, que não podia falar isso e aquilo, mas agora finalmente saiu! Ela acabou de lançar uma paleta de 35 sombras em parceria com a Morphe, marca de cosméticos americana.

A Jaclyn postou um vídeo explicando todo o processo desde a sugestão de fazer essa paleta até ela ser lançada e foi realmente uma aventura. Cada sombra é “pressionada” de uma forma diferente dentro do seu compartimento, o que interfere na cor, pigmentação e se a sombra esfarela. Como ela queria efeitos diferentes para cada cor, cada uma passa por um processo. Resumindo: essa paleta demorou dois anos para finalmente ser lançada.

Para a minha eterna alegria, ela era exatamente o que eu estava querendo há muito tempo. Tenhos várias paletas, mas todas na vibe mais neutra ou fria. Há algum tempo estava analisando qual seria a melhor paleta quente para comprar quando chegar a Jaclyn e PAM toma essa paleta cheia de cores à la por do sol. E eu também queria uma paleta que tivesse uns tons vibrantes de cor, ai mais uma vez PÁ toma aqui essas seis cores super diferentes e divertidas pra brincar.

Eu me apaixonei assim que essas cores foram reveladas e a cada vídeo que eu vi, mais eu precisava dela. Ela foi lançada na quarta-feira, dia 21 de junho, e esgotou em 45 minutos, mas felizmente eu consegui comprar uma antes de acabar! Não faço a mínima ideia de quanto tempo vai levar para essa maravilhosa chegar, mas aguardo ansiosamente por esse dia.

AnnyBeeutee/Instagram


AnnyBeeutee/Instagram


AnnyBeeutee/Instagram

Como vocês podem ver, a paleta tem vários tons alaranjados e avermelhados, mas também puxa pra tons mais escuros, então ainda é possível fazer um look sem muita cor usando ela – o que eu acho um crime, mas nem todo dia a gente quer sair parecendo um farol, não é mesmo?!

Por isso achei a escolha de cores super versátil, é possível combinar vários tons dentro dela e é aquele tipo de paleta que você não precisa de outra para completar um look; ela tem tons claros, tons neutros, nudes e bronzes, muita cor, muito brilho e muitos mattes. Tem como conseguir um look dia a dia, look festa, look “eu tenho muito dinheiro”, look “eu vim dominar o mundo”, tudo com uma paleta só. Aqui vão alguns tutorias para inspirar vocês:

Várias pessoas elogiaram muito a fórmula dessa paleta e disseram que é algo que nunca viram a Morphe fazer antes, então também é um momento de renovação super importante pra marca. Acho que, consequentemente, as outras sombras e os próximos lançamentos vão melhorar em questão de qualidade após esse lançamento com a Jaclyn – as expectativas ficam lá em cima.

Sem o frete, essa paleta custa US$ 38, um preço ótimo para a quantidade de sombras e qualidade do produto. O que acharam desse lançamento? Deixa aqui nos comentários:

Melhores aplicativos para blogueiras

Olá, amores! Tudo bem?

Uma coisa que ajuda nessa vida de corre corre de quem precisa produzir conteúdo online é ter vários aplicativos fáceis e rápidos no celular. Pensando nisso, trouxe seis que eu uso com frequência e adoro, pois eles ajudam muito a quebrar vários galhos.

O Facetune e o iMovie às vezes precisa pagar, mas é um valor super baixo e acho que vale muito à pena o investimento, viu?! São dois aplicativos que eu uso muito, são super profissionais e intuitivos.

Snapseed: Ele é um editor de foto mais simples, mais manual. Uso muito quando quero corrigir detalhes de fundos branco, mudar perspectiva de uma imagem ou mudar detalhes específicos da foto ao invés de passar um filtro na imagem inteira.

Facetune: Esse aqui já é um editor um pouco mais profissional, mais “pesado”, se não tomar cuidado a foto acaba ficando bem aquela coisa super falsa. Uso mais para corrigir coisa minusculas – ele permite um zoom bem grande – como espinhas indesejadas, manchinhas, olhos avermelhados, reflexos, esbranquecer dentes ou então para desfocar um objeto.

iMovie: Para celular, ele realmente é o melhor editor de vídeo. Sim, ele só está disponível para iOS, mas testei alguns para Android e eles não chegam aos pés do iMovie. Mesmo quem não tem muita sacada de como editar vídeo, é possível fazer como quiser nesse aplicativo e ele dá várias instruções de como conseguir o melhor resultado.

PS Express: Em questão de filtrar foto, editar contraste, brilho, sombra, saturação etc, esse aqui é o melhor sem duvida. Ele é super sensível, então é fácil de perceber quando você exagerou em um ponto ou no outro. As fotos ficam com efeito super profissionalmente melhoradas, sem ficar aquela coisa superficial.

Canva: Essa ferramenta é mais de design; permite que você crie banners, estampas, quadrinhos, com a maior facilidade do mundo. Ele tem vários modelos já prontos pra escolher ou você pode começar do zero e se aventurar. Eu prefiro usar a versão online dele, pois tem mais opções e é mais fácil de usar, mas pra emergências ou na correria, quebra muito o galho.

Evernote: É o melhor aplicativo estilo “notas” que eu já usei. Você pode adicionar fotos e áudios a suas notas, além de personalizar o texto com desenhos e cores diferentes. Faço todo o planejamento do blog nele, assim como todas as minhas listas to do e lembretes. Ah, e você pode baixar o aplicativo no desktop também e os dois sincronizam automaticamente, então você tem todas as suas anotações nos dois dispositivos.

Esses aplicativos são os meus preferidos, super amigos do dia a dia. Muitas vezes sinto que nem é necessário muito mais do que eles para manter o conteúdo legal e profissional, basta ter segurança na hora de usar e o computador fica como um apoio ou extensão mesmo. Espero que eles também ajudem vocês na correria do dia a dia! Alguma dica de outro aplicativo legal para ajudar bloggers?! Deixa aqui nos comentários:

Resenha: base líquida de alta cobertura da Quem Disse, Berenice?

Oi, amores! Como vão?

Fiquei super curiosa pra testar esse base quando a Quem Disse, Berenice? anunciou, pois a marca anda fazendo uns lançamentos super legais. Eu gosto muito dos produtos da QDB em geral, então quando minha base da Maybelline acabou, fui correndo comprar a nova da QDB, que promete acabamento matte e alta cobertura. Agora vim dizer pra vocês o que achei dessa novidade.

Quando fui comprar, o vendedor foi super solicito e testou a base em mim na hora. Percebi logo que ela demorava um pouco a secar, mas sob a luz da loja, parecia ser a melhor cor pra mim e tinha uma boa cobertura. Curiosa para usar mais, comprei. Não foi barata, custou R$ 63, então tinha boas expectativas para ela.

No primeiro dia em que usei, achei legal que ela tem uma textura mais grossinha, parecendo um gel, mas logo na primeira passada com o pincel já notei que ela seria difícil usar e que, na verdade, a base é super alaranjada. Dá pra ver bem a diferença entre meu rosto e meu pescoço, o que é bem péssimo.

Por causa da textura mais grossa, é um sacrifício trabalhar com ela, pois demora mais pra espalhar, demora pra secar – na verdade, não diria nem que ela seca totalmente – e não fica com um acabamento bonito; fica aquela coisa bem estilo “tem uma camada de base na minha pele”, pois é como se não fosse possível “absorver” a base. O look não fica nada natural.

Se a pele não absorve bem a base, isso quer dizer que, além de ficar uma camada super artificial do produto, também não dura nem um pouco. Com algumas horas, a área do meu nariz já estava quase que completamente à mostra. Eu quis morrer quando estava no trabalho e percebi que estava praticamente sem base no nariz e não tinha como retocar.

Essa base realmente não seca nunca. Fica como um gel, sambando na pele, nunca é absorvido. Como tenho a pele oleosa, vira uma lama algumas horas após a aplicação, quando minha pele começa a ficar brilhando um pouco mais.

Eu tentei aplicar com a mão, com pincel, com esponja, sem primer, com primer, primer da própria Quem Disse, Berenice?, primer da Benefit, tentei selar com pó mais grosso, pó translúcido, muito pó, pouco pó, nada funcionou. Vi várias pessoas falando super bem dessa base, mas pra mim ela simplesmente não funciona, não adianta.

Ela até tem uma boa cobertura, sem precisar ficar fazendo muitas camadas, mas acabou sendo um desperdício de dinheiro, pois não fica nada legal em mim. Queria que no Brasil fosse tipo nos Estados Unidos, que você pode devolver um produto se não gostar, pois não tenho a menor intenção de usar essa base novamente, foi uma grande decepção.

Você é uma das pessoas que ama essa base? Deixa aqui nos comentários o que achou do resultado dela:

Conversa: planos de férias

Hello, amores! Tudo bem com vocês?

Hoje é meu último dia de provas! Isso significa que quando eu chegar em casa, estarei de férias, FINALMENTE! O semestre passou super rápido, mas foi bem cansativo. Agora estou com todo gás pra dedicar esses 45 dias ao blog e ao instagram. Estou há algum tempo pensando em como vou aproveitar bem esse período um pouco menos conturbado e vim compartilhar com vocês alguns dos meus desejos.

Eu passo boa parte do dia na rua – saio às 6:30 e chego às 19:30, a maioria das vezes – e por isso acaba que meu tempo para me dedicar a assuntos pertinentes ao blog fica um pouco mais limitado. Durante os últimos dois meses, tenho escutado dois podcasts sobre mulheres empreendedoras e também li dois livros nesse tema, assim como assisti vários vídeos no YouTube.

Essas mulheres que produzem todo esse conteúdo tem ideias incríveis em relação a como crescer dentro da sua área, como visualizar suas ideias, realizar planos e atingir o sucesso. Assim, tive várias ideias que queria colocar em prática, anotei todas e agora vou poder planejar tudo direitinho para que eu possa aproveitar o tempo e melhorar o conteúdo aqui e no Instagram.

Estou planejando fazer lives no Instagram nessas próximas semanas, então siga lá (@conversasdepenteadeira) pra não perder. Separei alguns temas que quero conversar com vocês e, antes de mais nada, quero tirar duvidas de vocês a respeito desse mundo de beleza e maquiagem, então preparem o lápis e o papel!

Além disso, também tenho cinco livros encostados aqui que estou querendo ler há um tempão, mas a faculdade simplesmente não permitiu. Também quero conseguir rever alguns amigos que não vejo há um tempo, assim como comparecer a alguns eventos e feiras de beleza que normalmente tem por aqui e eu não vou porque estou afundando em trabalhos para fazer – ou por estar cansada demais para sair de casa.

Ah, e claro, quero assistir muitos filmes, muita série na Netflix, assar vários bolos e cookies, perder tempo olhando pra cima e pensando na vida, sem me sentir culpada por não estar fazendo nada, porque férias também é pra isso!

Conheci a loja da Lush em São Paulo!

Oi, amores! Como vão?

Desde que eu comecei a me aprofundar nessa vida de cosméticos, ouço falar muito da Lush. Vi muitas blogueiras falando sobre a marca, mostrando e usando os produtos, e a cada dia sentia mais e mais vontade de conhecer. Então descobri que eles tinham um e-commerce no Brasil, comprei várias coisas e me apaixonei completamente. Agora finalmente pude visitar uma loja e a experiência foi incrível!

Logo quando descobri que a loja online entregava em Recife, fiz várias encomendas, uma atrás da outra, testei vários produtos. Passei a acompanhar tudo da marca nas redes sociais, vi todas as campanhas e lançamentos e me apaixonei pela ideologia deles. A Lush é uma marca de produtos naturais que luta contra testes em animais, faz campanha a favor do feminismo e a favor da tolerância LGBT. Tem como não amar?

Eles frequentemente doam os valores arrecadados em determinados produtos para vários projetos que tem relação com direitos humanos e os ingredientes que eles usam são todos naturais, quase todos veganos, e todos adquiridos em comércio justo.

Por tanto tempo sonhei em entrar em uma loja e ver os produtos que eu tanto ouvi falar, sentir o cheiro, aprender sobre as propriedades dos óleos e flores envolvidos na fabricação. Quando esse dia finalmente chegou, foi tão incrível quanto eu imaginei que seria e por isso quis fazer um post sobre isso – pra sempre recordar e deixar registrado que quero voltar logo.

Eu e uma amiga fomos para a loja do Shopping Pátio Higienópolis e as atendentes eram muito atenciosas, todo mundo se ajuda lá, não tem aquela coisa de comissão, você pode falar com quem estiver mais perto. Porém, uma moça super simpática – que depois eu percebi que não perguntei o nome dela, um vacilo enorme da minha parte – nos atendeu e fizemos, LITERALMENTE, um tour pela loja inteira. Nem deu pra sentir, mas acho que passamos mais de uma hora lá.

Na loja, os vendedores testam os produtos em você na hora, mostram como funcionam, você pode pegar e cheirar tudo o que quiser e aí fui colocando na cestinha tudo o que eu gostava, sem vergonha de ser feliz. Vi tantos produtos que já tinha visto em vídeos, pude cheirar e testar tudo na hora.

Quando demos o 360º na loja e a cesta já estava tão pesada que tinha que ficar no chão, eu não queria ir embora, mas chegamos no caixa. Porém, antes de passar as compras, a vendedora pergunta se queremos amostra grátis de alguma coisa e acho isso o máximo! Pedi amostra de um sabonete e de um esfoliante facial, mas me arrependi de não ter pedido de mais algumas coisas.

Não tem problema, eu vou voltar lá algum dia, de preferência quando eu tiver bem rica e poder comprar tudo mesmo. Quem mora em uma cidade que tenha Lush ou estiver indo visitar, sugiro que visite a loja quando tiver tempo sobrando. Se deixe conhecer tudo, converse com a vendedora, aprenda sobre esse mundo de produtos naturais, porque é muito legal.

Estou já agendando as resenhas que vou fazer dos produtos que comprei por lá, mas algumas coisas eu não aguentei e já falei pela Instagram (@conversasdepenteadeira) o que eu achei! Corre lá e fica de olho que tem mais vindo!

Você já foi em alguma loja da Lush? Deixa aqui nos comentários.

Resenha: SOS Batom Matte Primer Matizador do Pausa Para Feminices

Hello, amores! Tudo bem?

Há um tempo atrás eu falei sobre um produto super interessante que a Smashbox estava lançando: um gel que matifica qualquer batom. Acontece que a dona dos batons líquidos Bruna Tavares se inspirou nessa ideia e lançou o SOS Batom Matte, um gel que serve como primer para os lábios e ajuda a duração de qualquer batom a melhorar monstruosamente, além de ficar lindo.

Sabe como batom matte tende a deixar a gente com os lábios bem secos? A ideia desse produto é preparar melhor a boca antes de receber o batom. Ele é transparente e bem fininho, então basta aplicar uma camada fina que já dá pra sentir a diferença; os lábios ficam super macios, aveludados e com sensação de mais lisos.

Porém, é preciso ter bastante atenção na hora de aplicar o produto: tenha cuidado para aplicar uma camada uniforme em toda boca e não apenas no centro ou só na parte mais externa. O que acontece é que o batom vai sair antes nas áreas onde o produto não foi aplicado, aí vai ficar uma coisa meio estranha – experiência própria.

Pra fazer o teste, eu usei o mesmo batom dois dias seguidos, um com e o outro sem a ajuda do SOS Batom Matte e posso dizer que COM CERTEZA faz diferença. Esse produto rapidamente se tornou um daqueles que você não sabia que precisava, mas aí usou uma vez e sabe que não tem como ficar sem.


Diferença na aplicação

A primeira coisa é que a aplicação fica muito mais fácil com ele por baixo. O batom desliza com facilidade e o pigmento fica bem mais concentrado logo na primeira passada. Também fica bem mais uniforme, sem problemas de ficar tentando ajeitar na hora da aplicação.

Diferença na cor

Uma coisa que ficou assustadoramente claro pra mim é como a própria cor do batom fica bem mais bonita. É como se esse produto “acendesse” o tom do batom – não no sentido de ficar mais chamativo ou de alterar a cor, mas é como se ficasse mais puro.

Diferença na duração

Claro, a duração aumenta em umas duas vezes, principalmente se você aplicar direitinho. Pode comer, beber, o batom continua firme e forte na sua boca. E, quando finalmente sai, é de uma forma mais graciosa e uniforme, sem deixar aquela palhaçada estranha na boca com uma parte com batom e a outra sem.

Diferença no conforto

Em relação ao conforto, é possível sentir uma diferença maior na hora da aplicação mesmo; o batom ficar mais macio, “puxando” menos. Porém, conforme o tempo vai passando, a sensação vai ficando igual a quando se usa um batom líquido sem nada. Não é uma coisa necessariamente ruim, só não altera muito a questão do ressecamento dos lábios causado por usar um batom líquido.

Acho que para qualquer pessoa que é amante dos batons líquidos, esse produto é essencial. Ele realmente melhora muito a aparência do batom e economiza produto. Alguém aí já testou? Eu vou fazer o teste com um batom mais cremoso para descobrir se faz diferença, fiquem de olho lá no Instagram que vou contar por lá o que achei.

Diário #3: viagem para São Paulo + show de Ed Sheeran

26, 27, 28 e 29 de maio de 2017

Depois de meses de espera, finalmente chegou a hora de ir para São Paulo. Cheguei lá no começo da noite e andei um pouco pelo centro, procurando algo para comer. Não estava frio demais, dava pra andar com um casaquinho pelas ruas. Eu já havia ido outras duas vezes, em passagens bem rápidas, e já de vista adorei a cidade.

O segundo dia foi incrível, pude ver muito mais da cidade e, claro, visitei a Liberdade e a Zé Paulino pra gastar um pouquinho – gastei foi muito mesmo – de dinheiro também. Vi coisas que eu nunca vi antes, me apaixonei pela arquitetura dos locais, fotógrafos buscando um clique diferenciado, o clima agradável de andar na rua, museus gratuitos maravilhosos, parques lindo. De noite, no hotel, pude mostrar para vocês por Instagram algumas das coisas que comprei.

Tive o prazer de visitar uma loja da Lush e a experiência foi transcendental, realmente é um local diferenciado – vou falar mais sobre isso em outro post. A loja que visitei era a do Shopping Pátio Higienópolis e eu amei muito a estrutura dele; tinha uma área próxima a saída, onde era o Starbucks, que tinha umas mesas e cadeiras de onde dava para ver a rua. Amei sentar ali e conversar com minha amiga e meu tio sobre várias coisas enquanto o sol se punha.

No dia seguinte, um domingo, andei de cima a baixo na Avenida Paulista. A rua estava fechada para carros e várias pessoas caminhavam, corriam, andavam de bicicleta. Havia muita gente dançando e cantando também, visitei a feirinha do Masp e amei os objetos à venda. Tomei muuuito Starbucks, amei mais a arquitetura de São Paulo e então cheguei no motivo pelo qual fui para lá: show do fofo Ed Sheeran.

O show foi no domingo a noite e, depois de muito tempo esperando, tive uma das melhores noites da minha vida. O show foi incrível, as pessoas cantavam tão alto que o som ecoava pelo estádio. A produção foi incrível, as músicas escolhidas foram maravilhosas, pulei muito, dancei, gritei, amei tudo. Foi uma experiência que não vou esquecer nunca e que foi muito especial.

No último dia, hora de pegar o voo de volta, ainda demos uma volta pela 25 de Março e o mercado municipal, mas o cansaço já estava pegando pesado. Acabada, quase perdi o voo de volta para Recife – e vale dizer que eu não queria voltar -, mas cheguei, a mala 6 kg mais pesada, a conta bancária chorando, muito amor no coração e muita lembrança para compartilhar.

São Paulo, espero voltar em breve para lhe conhecer ainda melhor.

Experiência: penteadeira cápsula


Oi, amores! Como vão vocês?

Mês passado eu falei tudo sobre o que era essa ideia de penteadeira cápsula e sobre minha vontade de testar essa proposta com batons, pois tenho uma variedade enorme. Agora volto aqui para falar para vocês como foi, mas já adianto: falhei miseravelmente.

Eu havia escolhida três batons para o mês: o Rose do Pausa Para Feminices, o Nudelina da Quem Disse, Berenice? e o Velvet Teddy da MAC. Meu erro já começou com as escolhas, pois apesar de serem batons MARAVILHOSOS, todos são neutros e dois são mais puxados para nude, ou seja, acaba que eu fico sem muita opção pra diferenciar os looks.

A segunda coisa é que, além de eu precisar testar outros batons para contar a vocês o que eu achei, a cor do batom que eu uso depende do meu estado de espírito no dia. Sem falar que muitas vezes acabo usando o mesmo batom por dias e dias seguidos, se eu amar muito a vibe dele.

Mas então fui assistir mais um vídeo da Linda Kramer, YouTuber e maquiadora que me ensinou o que é penteadeira cápsula, e percebi um detalhe importante. Ela havia separado quatro batons por semana para usar, quando eu escolhi apenas três o mês inteiro – o que não faz nem sentido levando em consideração a quantidade de batom que eu tenho.

Então andei observando os batons que eu mais uso e realmente, não são tantos assim, quando penso na quantidade de cores que tenho. Assim, resolvi mudar minha pegada nessa ideia de penteadeira cápsula: ao invés de escolher três batons por mês, eu vou tentar observar quais são os batons que eu mais usei no mês e vou vir contar o top3 3 pra vocês, mas vou tentar não repetir as cores a cada mês que passar.

Dessa forma, vou poder usar sem medo as cores que eu mais amar e ainda ter uma rotatividade muito maior dos meus batons, o que é a essência da penteadeira cápsula! O que vocês acham desse novo modelo? Deixem aqui nos comentários:

Novo na penteadeira: comprinhas em São Paulo

Olá, amores! Como vão?

Não sei se vocês viram no Instagram que eu passei um final de semana em São Paulo e que fiz um estrago grande nas lojas por lá. Visitei algumas lojas que sonhava em conhecer, como a Lush e a Kiko, e fui na Liberdade conhecer algumas lojas gigantescas de cosméticos. Só sei que saí de Recife com a mala pesando 10 kg e ela voltou pesando 16 kg, então imagine que eu comprei pouco.

O que mais surpreendeu foi como as coisas são muito mais baratas lá, gente. O pó translúcido da Vult que eu amo e compro em Recife por R$ 45 estava por R$ 23 no Ikesaki Cosméticos, na Liberdade. Minha base preferida da Revlon estava na promoção por R$ 39,90 quando aqui custa cerca de R$ 90. Eu não consigo nem computar direito essa diferença MONSTRA de preço, sério mesmo. Achei que fosse morrer quando a vendedora disse, então acho que isso explica porque eu enlouqueci e quase comprei a loja toda.

Outra coisa muito legal é a quantidade de produto disponível; alguns lançamentos da Vult e da RK estavam disponíveis por lá e eu ainda não vi por aqui, como os novos produtos em stick da marca. Ah, e promoção é boia por lá. Meu shampoo seco da vida estava por um precinho ótimo e ainda vinha com uma miniatura de graça na compra de qualquer outro de tamanho regular.

Saindo da Liberdade e indo para o Shopping Pátio Higienópolis, conheci a loja da marca Kiko que chegou no Brasil recentemente e tem produtinhos com preços similares aos da Quem Disse Berenice? na coleção popular e também uma coleção de luxo similar aos preços da MAC. A loja não é muito grande, mas a variedade de produtos é bem legal e tem cores muito bonitas. Não gostei do atendimento de lá, mas eles estavam com problema no sistema no dia.

Comprei dois produtinhos: uma sombra unitária dourada SUPER pigmentada e linda e um lip pencil gloss porque achei a proposta muito interessante, é um gloss em forma de lápis em um tom nude queimadinho que eu amei. Eles tem muitas, muitas opções de cores.

Depois fui visitar a Lush, mas essa aí merece um post à parte porque foi uma experiência transcendental de tão maravilhosa. Eu vou fazer resenha de vários produtos desses, prometo a vocês! Vai ter surra de resenha sim, amores! Agora, por favor, deixem alguns comentários de encorajamento para que eu não sofra tanto ao olhar meu extrato bancário: